DestaqueMato GrossoPolícia

Adolescente estuprada pelo pai desde os 10 anos em Canarana rompe silêncio após ter dois filhos

Homem nega estupros mas, ao ser preso, também não aceitou ceder material genético para fazer teste de DNA com as crianças

Homem de 42 anos é preso por estuprar a filha desde que ela tinha 10 anos de idade. Hoje, com 16 anos, a adolescente já tem duas filhas, a mais nova com um ano e cinco meses e há suspeita que as crianças possam ser filhas do avô. Ao ser preso, o pai negou o estupro e também negou ceder material genético para exame de DNA.

O acusado foi preso na sexta-feira (29), em Canarana, em ação para cumprimento de mandado de prisão temporária.

As investigações iniciaram no dia 14 de maio, após ocorrência registrada na Delegacia de Polícia. A adolescente contou que era abusada pelo pai desde os 10 anos. Ela disse que não sabe se as crianças são do namorado, ou frutos dos abusos sexuais praticados pelo seu pai.

Conforme o delegado de Canarana, Deuel Paixão de Santana, logo que comunicada dos fatos a Polícia Civil passou a apurar as informações. Durante o trabalho cauteloso de investigação, o suspeito chegou a ser ouvido, porém negou as acusações.

“A filha mais velha da vítima foi registrada pelo então namorado da menor. Porém, na certidão de nascimento da segunda criança há pai declarado. Agora será coletado material genético para prova técnica e comprovação de paternidade”, disse o delegado.

Repórter MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios