DestaqueLucas do Rio VerdeMato GrossoTráfico

Após prisão de mulher em Lucas do Rio Verde, polícia chega a laboratório de refino de drogas em Cuiabá

Foram apreendidas drogas, equipamentos para preparação das drogas que são distribuídas no interior do estado e também no Pará

Uma casa utilizada como laboratório para refino e preparação de drogas foi localizada por equipes da Delegacia Especializada de Entorpecentes (DRE) durante investigação nesta sexta-feira (15/01/21), em Cuiabá.

Após troca de informações com a Delegacia de Lucas do Rio Verde, policiais da DRE chegaram à residência, no bairro Santa Isabel, na Capital, que funcionava como laboratório para a preparação, prensagem, embalagem e distribuição do entorpecente para o interior do estado.

De acordo com o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram apreendidos local, diversos objetos utilizados para a preparação e prensagem de entorpecentes, porções de cocaína e equipamentos.

“Recebemos informações de que o local serviria como ponto de distribuição de entorpecentes para o interior de Mato Grosso e também para o Pará. Agora vamos avançar nas investigações para apurar os responsáveis pelo local que tenham relação com o tráfico de drogas”, afirmou o delegado.

Lucas do Rio Verde

Na quinta-feira (14/01/21), após investigação da Delegacia de Lucas do Rio Verde, uma mulher foi presa em um ônibus na BR-163 com destino ao Pará, com 14 tabletes de cocaína e cloridrato de cocaína. A droga estava dentro de uma caixa térmica de isopor e camuflada com pacotes de pequi, para esconder o cheiro dos entorpecentes. A prisão foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal.

A investigação apontou que essa droga apreendida com a mulher foi preparada e embalada na casa localizada no bairro Santa Isabel, em Cuiabá.

 

Cenário MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios