DestaqueMato GrossoPolíciaSaúde

BARRA DO GARÇAS- Supostos profissionais de saúde são encaminhados para Delegacia

Policiais militares do 5º Comando Regional, em Barra do Garças (509 km de Cuiabá) fizeram na manhã dessa quinta-feira (14/05/20), a condução de pelo menos 15 (quinze) pessoas para a delegacia de polícia, após elas serem flagradas pelas ruas da cidade, realizando visitas em residências, submetendo pessoas a responderem questionário e coletando sangue para a realização de teste rápido para COVID-19.

Conforme o boletim de ocorrência, a Central de Atendimento recebeu diversas denúncias, via 190 e aplicativos de comunicação, as quais davam conta que, supostos profissionais de saúde estariam percorrendo os bairros, Vila Maria, Jardim Domingos, União, Jardim Piracema e Santo Antônio preenchendo questionários e coletando amostras de sangue para a realização do teste rápido para COVID-19 na população.

Imediatamente, os militares contactaram a secretária municipal de saúde da cidade, a qual relatou a princípio, que não tinha conhecimento da ação, o que levou a PM a empenhar todas as suas guarnições na busca aos envolvidos.

Localizados, os suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes, onde relataram que teriam vindo de Brasília e estavam na cidade desde as 8 horas da manhã, a fim de realizarem uma pesquisa “Evolução da Prevalência de Infecção por COVID-19” pela empresa JC Pesquisas (Pesquisa e Consultoria Eiceli ME) contratada pelo Ibope.

Fotos:PMMT

Ocorre que, em checagens e com o apoio da Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Saúde, foi descoberto que nenhum dos integrantes da equipe de pesquisa possuía capacitação na área de saúde, sequer em nível técnico, além disso, foi verificado pelos agentes fiscalizadores, que a equipe não cumpriria as medidas técnicas e sanitárias para a realização da pesquisa, colocando assim em risco a população.

Em nota, a Polícia Judiciária Civil de Barra do Garças alertou toda a população, lembrando que esse tipo de ação já casou problemas em várias partes do Brasil, como exemplo Rondonópolis-MT e o Estado do Rio Grande do Sul.

Todo o material encontrado com os envolvidos foi apreendido e o Termo Circunstanciado de Ocorrência foi lavrado pelo delegado de polícia, com base nos artigos 47 da Lei de Contravenção Penal e artigos 132 e 268, ambos do Código Penal Brasileiro.

NOTA DE ESCLARECIMENTOS DA POLÍCIA JUDICIÁRIA DE BARRA DO GARÇAS 🚔

Na data de hoje, no período da manhã, a população de Barra do Garças e região compartilharam informação nas redes sociais, principalmente por Whatsapp, dando conta que supostos profissionais de saúde estariam realizando exames de detecção de corona vírus nas residências, bem como as pessoas estavam sendo submetidas a questionários sobre a doença, com fins de ser colhidos dados estatísticos. Os atendidos ao suspeitar de tal situação entratam em contato com a Secretaria Municipal de Saúde que negou qualquer ação neste sentido, autorizada ou programada em nossa comarca.

Ainda, como em algumas residências fora realizada pulsão para coleta de sangue para teste rápido de COVID 19, a população com a negativa de autorização neste sentido entrou em pânico e acionaram as forças de segurança pública. De pronto a Polícia Militar comandada pelo Tenente Elton Vieira logrou êxito em localizar os suspeitos, já que a população colaborou com imagens e localização dos mesmos, sendo todos conduzidos para a Central de flagrantes para as providências cabíveis.
A PM ainda ressalta que o pronto atendimento da Secretaria Municipal de Saúde, da Vigilância Sanitária, da Defesa Civil que auxiliaram à PJC com informações técnicas, tendo sido lavrado auto de infração sanitária em desfavor da empresa JC PESQUISA de São Paulo, que segundo informações teria sido contratada pelo IBOPE para realizar os referidos serviços de teste rápido de corona com levantamento de dados estatísticos.

Foi verificado em oitivas que nenhum dos 15 contratados é profissional de saúde sequer em nível técnico, não estando estes habilitados a realizar tal procedimento, que sem cumprimento das medidas técnicas e sanitárias colocam a população em risco, bem como tais trabalhadores em risco de contaminação e propagação da doença. Também o supervisor da empresa colaborou com informações.

O núcleo de inteligência levantou dados no Rio Grande do Sul e em outras localidades, inclusive com matéria jornalística que na cidade de Rondonópolis também houve problema de mesma natureza. Fora determinado pela Autoridade Policial, Dr Adriano Marcos Alencar, lavratura de TCO nos termos do Art. 47 da Lei de Contravenção Penal e Arts. 132 268 ambos do Código Penal Brasileiro. A 1 Delegacia irá investigar a documentação encaminhada pela empresa no desenvolvimento das diligências a ser realizadas.
A população pode confiar nas forças de segurança no combate ao corona vírus, a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso não medirá esforços na defesa da nossa população.

Por fim aproveitar a oportunidade e informar que as pessoas identificadas pela Secretaria Municipal de Saúde que infelizmente estão em quarentena, se violarem as medidas de isolamento serão presas e autuadas em ação conjunta da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Saúde.

Todos juntos contra o Covid🚔👊

POLÍCIA MILITAR

5º COMANDO REGIONAL
2º BATALHÃO
BARRA DO GARÇAS

ASSESSORIA 5ºCR/PMMT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios