DestaqueMato Grosso

Carros da Empaer são abandonados em fazenda há cerca de 50km da BR 158 próximo á Confresa MT

O Portal Repórter Agro, recebeu uma denúncia nessa quarta-feira(20), onde carros com adesivos da Empaer estão virando sucata, abandonados numa fazenda há cerca de 50km da BR 158, próximo à cidade de Confresa.
Nas fotos é possível ver os carros abandonados, alguns bens destruídos, outros ainda com pneus, e existe também uma camionete no local. Vale ressaltar que não é possível saber a quanto tempo esses veículos estão abandonados. Mas estão expostos ao tempo pegando chuva e sol.

Uma das maiores dificuldades de acordo com a própria Empaer, Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, assistência e Extensão Rural, que é a empresa responsável por dar assistência principalmente aos pequenos produtores, é de ter veículos com condições de trabalho.

“É um descaso o que vemos, precisamos de veículos para que o produtor tenha assistência, e quando não são abusos cometidos com veículos, que muitas vezes os funcionários usam em beneficio próprio, vemos carros sendo sucateados, isso é inadmissível” desabafou um pequeno produtor Rural ao Repórter Agro, mas preferiu não ser identificado, por temer represálias.

O escritório Regional da Empaer está localizado em São Felix do Araguaia, e o responsável pela Região é Marcondes Monção de França, o Repórter Agro entrou em contato com o escritório, mas Marcondes estava em viagem, e os telefones celulares dele estavam fora da área de serviço.

Vale lembrar, que no inicio do mandato do Governador Mauro Mendes houve algumas discussões sobre a extinção de alguns órgãos públicos de MT, entre eles a Empaer, a medida seria para conter gastos. Mas depois Mauro Mendes voltou atrás e deixou a Empaer em funcionamento.

Não houve resposta da Empaer até o fechamento desta matéria.

Fonte: araguaia noticia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios