CuiabáInvasãoMato GrossoPolícia

Cerca de 100 pessoas invadem loteamento de construtora em Cuiabá

Um representante da Ávida Construtora e Incorporadora procurou a Polícia Civil no ultimo sábado (29/10/22) para denunciar que um loteamento da empresa foi invadido por cerca de 100 pessoas.

O Loteamento Bom Jesus está localizado no Bairro São João Del Rey e será transformado nos condomínios de casas Spartha, Arkadia e Cretha.

Ao ser informado que o loteamento havia sido invadido, o representante da construtora foi até o local e conversou com um homem, que disse que, se a área tivesse matrícula, cessariam a invasão.

Segundo o denunciante, os empreendimentos já estão aprovados e licenciados pela Prefeitura de Cuiabá e demais órgãos competentes.

Diante disso, conforme o boletim de ocorrência, ele providenciou a matrícula e apresentou aos invasores. O ato, no entanto, não teve efeito e todos seguem no loteamento.

O denunciante afirma, ainda, que, além de invadirem uma área particular, os suspeitos estão invadindo uma área de preservação permanente ambiental.

O caso foi registrado como esbulho possessório.

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios