Covid-19DestaqueEducaçãoMato Grosso

Cerca de 2 mil profissionais da educação da rede estadual em Várzea Grande – entre professores, técnicos administrativos e apoio – receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19

Cerca de 2 mil profissionais da educação da rede estadual em Várzea Grande – entre professores, técnicos administrativos e apoio – receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (03/06/21).

A prefeitura de Várzea Grande, instalou dois postos para a vacinação, um na Univag, no bairro Cristo Rei, e outro no Parque Berneck, no Jardim Glória. O atendimento ocorreu por agendamento e cada unidade escolar tinha seu horário definido.

Para um dos vacinados, o professor Valter Benedito da Silva, atualmente diretor da Escola Estadual Pedro Gardés, o dia foi de fortes emoções. Com 14 anos de profissão, Valter se sentiu honrado em ter tomado a primeira dose da vacina, pois desde o início da pandemia esteve na linha de frente atendendo a comunidade escolar.

“A vacina é um feito aguardado por muitos. Graças a Deus tive esse privilégio. Ser vacinado nos dá uma sensação de segurança, pois é comprovado historicamente e cientificamente que vacinas salvam vidas. Mas é preciso continuar com os cuidados até tomar a segunda dose”, assinala.

Professor Valter se sente num momento histórico de sua vida.
Créditos: Divulgação

Para o agente administrativo Gonçalo Augusto, da EE Milton Figueiredo, a vacinação é importante para o retorno das aulas presenciais. Imunizado no Parque Berneck, Gonçalo disse que a decisão de escolher o local é acertado, pois é amplo e arejado, sem aglomeração.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, que acompanhou os trabalhos na Univag – um dos dois postos de vacinação, elogiou a organização que classificou de “impecável”, tanto na recepção, verificação dos documentos até à vacinação. No local, reforçou que o Estado recebeu esta semana cerca de 100 mil novas doses de vacinas e que 20 mil delas serão para os profissionais da educação de todo o Estado.

Alan Porto ressalta que o governador Mauro Mendes tem focado a vacinação dos profissionais da educação porque entende ser prioridade.

“Nesse momento, temos que recuperar a aprendizagem de nossos alunos, que desde de março do ano passado tiveram as aulas interrompidas e que depois voltaram de forma remota”, avalia. “Nossa prioridade é o retorno dos estudos na forma híbrida. Temos uma chama de esperança, pois com o retorno todos ganham. Estou feliz e esperançoso com essa imunização” comemora.

Presente no posto de vacinação da Univag, o vice-prefeito de Várzea Grande, José Hozama, destaca que esse trabalho de vacinação só foi possível graças ao esforço coletivo envolvendo a colaboração de vários setores.

Seduc MT

 

Para o secretário municipal de educação de Várzea Grande, Silvio Fidelis, a vacinação dos profissionais da Educação é importante na medida em que será possível o retorno das aulas híbridas no segundo semestre na rede municipal e também na estadual. Ele lembra que a priorização dos profissionais da educação ganha força em todos os níveis.

“Com a priorização, vamos imunizar mais de 7.400 profissionais da educação em Várzea Grande, levando em conta as redes municipal, estadual, federal e particular”, salienta.

Outros municípios

Além de Várzea Grande, outros municípios, como Araputanga, Pedra Preta e Marcelândia já realizaram a imunização. Cuiabá, Carlinda, Matupá e Campinápolis estão em fase do cadastramento dos profissionais da Educação. A rede estadual tem cerca de 40 mil servidores sendo cerca de 18 professores. Em todo o Estado são 727 escolas, sendo 44 em Várzea Grande.

Seduc MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios