DestaqueNotíciasSaúde

Chimarrão é um risco pro coronavírus, alerta ministro da Saúde. Veja como evitar

Na entrevista coletiva nesta quarta-feira (26) sobre o primeiro caso confirmado de coronavírus no Brasil, o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta fez um alerta à população que toma chimarrão e tererê, especialmente no Sul do país. Assim como outras doenças infecciosas, como a gripe, o coronavírus pode ser transmitido pela bomba do chimarrão e tererê, que passa de boca em boca. Isso porque a saliva é uma das principais formas de contágio do coranavírus.

É preciso ter cuidado. como no Mato Grosso do Sul e no Rio Grande do Sul, que têm o habito cultural de compartilhar o chimarrão e o tererê, que passam de boca em boca em uma roda de pessoas”, alertou o ministro.

Para Mandetta, é importante que as pessoas evitem compartilhar a bomba de chimarrão e tererê. “O chimarrão é um instrumento de compartilhamento e passagem de substâncias orais entre as pessoas”, ressalta o ministro, que é médico.

Deixar de compartilhar a cuia é difícil em uma roda de chimarrão. Portanto, outra opção para quem não quer pegar coronavírus ou outras doenças contagiosas pela saliva é limpar a bomba ante de tomar o mate. Mas atenção: a limpeza deve ser feita com álcool líquido 70%. Se você optar por álcool gel, a cuia fica pegajosa e a ação pode demorar a fazer efeito.

Etiqueta respiratória

O ministro ressaltou ainda a importância da etiqueta respiratória para evitar a doença, ou seja, as pessoas devem tampar o rosto quando vão espirrar, de preferência com o cotovelo, e manter o hábito de lavar as mãos e o rosto constantemente.

Teve gente que achou graça neste termo [etiqueta respiratória], mas é o correto. Temos que lavar as mãos e o rosto com água e sabão. O brasileiro precisa aumentar o número de vezes que faz isso por dia”, enfatiza o ministro. Lembrando que este hábito evita também outras doenças. “É um hábito extremamente importante, higiênico, não só pela questão respiratória, mas de outras doenças de circuito oral”, ressaltou o ministro.

Como prevenir o coronavírus

• Lavar as mãos com frequência, ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento.
• Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.
• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar.
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
• Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.
• Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.
• Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis e após lavar as mãos).

Fonte:Tribuna Paraná

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios