AgriculturaDestaqueMato Grosso

Colheita da soja chega a 11,2% em Mato Grosso, diz Imea

Índice representa atraso em relação ao mesmo período do ano passado, quando mais de 40% da safra já tinha sido colhida

A colheita de soja da safra 2020/2021 avançou 6,49 pontos porcentuais na última semana e atingiu 11,2% da área plantada em Mato Grosso. Apesar do avanço, os trabalhos ainda estão bem atrás dos 44,5% de igual período da temporada passada e da média dos últimos cinco anos, de 32,5%, segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

A retirada dos grãos do campo está mais adiantada no norte mato-grossense, onde foi realizada em 24,36% das plantações, e no oeste, com 14,9% da área colhida.

Outras culturas

Em relação à safrinha de milho, o plantio avançou 6,1 pontos porcentuais e chegou a 8,23% da área prevista no estado, conforme o Imea. Há um ano, contudo, a semeadura havia sido realizada em 38,94% da área estimada. A média de cinco anos, de 29%, também é superior ao número atual.

As regiões norte, com 18,3% da área cultivada, e nordeste, com 12,2%, são aquelas em que a semeadura está mais avançada.

A semeadura do algodão da safra 2020/21 alcançou 59,5% da área em Mato Grosso nesta semana, avanço de 27,81 pontos porcentuais em relação à semana passada, segundo levantamento do Imea. Os trabalhos seguem bem atrás do verificado há um ano, quando estavam finalizados em 98,2% da área, e da média dos últimos cinco anos, de 84,66%.

O plantio está mais adiantado no nordeste do estado, onde atinge 71,74% da área prevista, e gira em torno de 63% das lavouras no noroeste e no oeste mato-grossenses.

 

Canal Rural

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios