DestaqueMundoNotícias

Comediante com nanismo arrecada R$800 mil pra levar menino à Disney

Menino com nanismo que sofreu bullying recebeu grande apoio de famoso comediante

O menino que sofreu bullying por ser nanismo recebeu um grande apoio deste comediante

O menino de nove anos com nanismo emocionou o mundo ao desabafar sobre o bullying constante que sofria

Um comediante com nanismo conseguiu arrecadar R$ 800 mil reais para o menino de nove anos que sofreu forte bullying por ter nanismo. O garotinho australiano Quaden Bayles viralizou e comoveu o mundo com seu desabafo após ter sofrido mais um episódio de bullying em sua escola.

No desabafo, que foi registrado e compartilhado nas redes sociais por sua mãe Yarraka Bayles, o garotinho chega ao ponto de dizer: “Eu só quero morrer…Eu quero que alguém me mate…Me dá uma faca”.

Ao mostrar este vídeo de seu filho, Yarraka desabafou e pediu pelo fim do bullying. “Eu acabei de pegar meu filho da escola, falei de novo com o diretor…mas eu quero que as pessoas saibam…pais, educadores, professores….este é o efeito do bullying. É isso que o bullying faz. Por muito tempo eu havia decidido não mostrar este lado do bullying, mas não dá mais para esconder. Eu quero que as pessoas saibam o quanto isto está machucando meu filho, minha família. Eu preciso estar sempre de olho no meu filho. O bullying me deixou com uma criança que quer tirar a própria vida porque não aguenta mais sofrer bullying todos os dias que vai para a escola. Eu quero que as pessoas saibam o impacto disso porque este pode ser o seu filho ou seu filho pode ser quem esteja cometendo o bullying”.

O vídeo de Quaden teve milhares de visualizações em todo o mundo. E diversas pessoas passaram a manifestar seu apoio ao garoto. O time de rúgbi para o qual ele torce, o convidou para entrar com eles em campo e ainda mandou uma mensagem de apoio para o pequeno.

Muitos famosos também mandaram mensagens de apoio para Quaden. O ator australiano Hugh Jackmann, famoso por interpretar Wolverine nos cinemas, foi uma das celebridades que mandou seu apoio para o garotinho. “Quaden, você é mais forte do que imagina. E independente do que aconteça, saiba que você tem um amigo em mim!”, disse o ator.

Uma celebridade que ficou especialmente comovida com o que aconteceu foi o famoso comediante norte-americano Brad Williams. Ele também tem nanismo e ao ver a história de Quaden decidiu fazer uma campanha para levá-lo até a Disney em Orlando nos Estados Unidos juntamente com sua mãe.

O objetivo de Brad era arrecadar 10 mil dólares (44 mil reais) para realizar isso. Mas as pessoas contribuíram tanto que ele já conseguiu arrecadar 200 mil dólares (800 mil reais). Brad mostrou uma foto dele conversando com Quaden e revelou que todo este dinheiro extra será doado para ONGs que atuam para combater o bullying. “A história do Quaden me abalou muito. Mas nós estamos mostrando que vamos vencer o bullying! Muito obrigada a todos que doaram, eu estou fazendo tudo que posso para que cada centavo doado vá para uma boa causa! Vamos acabar com o bullying!”, disse o comediante.

A família de Quaden também agradeceu todo o apoio que está recebendo. “Nós queremos agradecer todas as mensagens de apoio que estava recebendo e tudo que estão fazendo por nós. Pedimos desculpas por não podermos responder cada um de vocês. Mas saibam que o Quaden está sentindo todo esse amor. Nós vamos nos encontrar com as pessoas certas que podem nos ajudar a fazer mudanças para acabar com o bullying!”, disse a mãe do pequeno.

Comediante falou com menino após bullying por nanismo

O comediante conversando com o menino após bullying por causa do nanismo

Fonte: R7

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios