DestaqueNotícias

SÃO PAULO-Criança tem morte cerebral confirmada após sofrer AVC em escola

SÃO PAULO-Menino de 11 anos terá órgãos doados após autorização da família

Um estudante de 11 anos, que sofreu um AVCH (Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico) na segunda-feira (17), na escola estadual Dr. Joubert de Carvalho, no Jardim Paulista, em Araçatuba, teve morte cerebral confirmada pela Santa Casa da cidade nesta quarta-feira (19).

De acordo com nota emitida pela assessoria de imprensa da Santa Casa, o paciente teve a morte cerebral constatada às 15h08 desta terça-feira (18), após todos os exames do protocolo de morte encefálica realizados pela equipe da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante do hospital.

Após a morte, a família da criança autorizou a doação de órgãos do paciente para transplantes.

As válvulas do coração, rins e córneas foram retiradas e serão levadas para o Hospital de Base de Rio Preto nesta terça-feira (19), assim como os pulmões e o fígado, que serão transportados para o Instituto do Coração, em São Paulo, de helicóptero.

“Ao serem informados desta triste constatação, os familiares responsáveis pelo paciente aceitaram doar os órgãos, mas não autorizaram a divulgação de seu nome”, diz trecho da nota emitida pela Santa Casa.

O CASO

O menino de 11 anos passou mal em sala de aula e chegou a avisar um professor que não estava bem, vindo a desmaiar em seguida.

Ele foi socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e levado para o setor de urgência e emergência da Santa Casa de Araçatuba, de onde seguiu direto para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal do Hospital.

Uma má formação em uma das veias que irrigam o cérebro pode ter provocado rompimento, causando uma hemorragia intracraniana que o levou ao quadro de morte cerebral.

Fonte:Sbt Interior

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios