DestaqueMato GrossoQuerência

DNIT concluiu ponte na BR-242 e impulsiona logística na região sul de Mato Grosso

Usuários podem trafegar pelo trecho pavimentado da rodovia federal sem mais utilizar desvios ou pontes de madeira,o município de Querência também é um dos beneficiados.

0307ponte.jpeg

 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) concluiu a construção de um conjunto de oito pontes ao longo da rodovia federal BR-242/MT, no Estado de Mato Grosso. Nessa sexta-feira (3/7) foi entregue a principal delas, sobre o rio Ronuro, a 35 quilômetros do distrito de Santiago do Norte, no município de Paranatinga (MT).

Com 100 metros de extensão, a ponte sobre o rio Ronuro já se encontra com o tráfego de veículos liberado. A obra foi concluída após as equipes do DNIT realizarem a aplicação da capa asfáltica do encabeçamento da ponte e finalizarem a sinalização da estrutura. Com a conclusão do empreendimento, os usuários podem trafegar pelo trecho pavimentado da BR-242/MT sem mais utilizar desvios ou pontes de madeira.

0307ponte1.jpeg

As outras pontes estão localizadas sobre os rios Ferro, Desejado, Bonito, Von Den Steinen, Água Limpa, Jaguaribe e Santiago. Os empreendimentos representam um significativo avanço logístico para Mato Grosso, pois beneficiam diversos municípios com grande produção agrícola, dentre eles Sorriso, Paranatinga, Querência, Nova Ubiratã e Gaúcha do Norte.

Em 2020, foi finalizada a obra sobre o Rio Ronuro. Em 2019, foram as pontes nos rios Von Den Steinen, Bonito, Desejado e Ferro. Em 2018, foram sobre os rios Água Limpa, Jaguaribe e Santiago. As obras estão inseridas em um contrato que totaliza um investimento de R$ 33 milhões.

0307ponte2.jpeg

Logística – Com a conclusão das obras, há previsão de incremento no fluxo de caminhões carregados de grãos que fazem o escoamento da safra pela BR-242/MT, uma importante rota estruturante da região norte de Mato Grosso. Além da conclusão das oito pontes, o DNIT já pavimentou 150 quilômetros da rodovia.

O setor produtivo passará a transportar mais produtos pela BR-242/MT, que faz ligação com a BR-163/MT/PA, com destino aos portos do chamado Arco Norte, de onde os grãos são exportados para o mercado internacional. A rodovia formará assim um eixo estruturante que se interliga com a BR-163, que teve concluída a pavimentação até Miritituba/PA neste ano e que vem recebendo obras de recuperação nos trechos prioritários na região.

Passos seguintes – Para os próximos anos, o DNIT espera dar início à pavimentação da BR-242/MT, interligando o norte de Mato Grosso com a região do Araguaia. Já existem contratos firmados para pavimentação de 288 quilômetros, divididos em três segmentos, entre os municípios de Santiago do Norte e Querência. O traçado deve atender a uma região produtora consolidada, com grande potencial de expansão.

Coordenação-Geral de Comunicação Social – DNIT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios