DestaqueMato GrossoNotícias

Estado decide aumentar salários de 3 categorias; reajuste chega até 30%

PMs e Bombeiros terão direito aos auxílios fardamento e alimentação

Um projeto de lei enviado pelo Governo do Estado, com a participação de alguns deputados na elaboração, vai garantir reajuste salarial para três categorias de servidores estaduais: policiais penais, socioeducativo e servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT). Agora, a Assembleia Legislativa vai fazer uma força-tarefa para aprovar as mensagens que precisam ser sacionadas pelo governador Mauro Mendes (União) até o dia 3 de abril, por se tratar de ano eleitoral.

De acordo com o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (União), no caso dos policiais penais, o reajuste será aplicado em diferentes percentuais, agrupado por faixas. Em algumas delas, segundo o parlamentar, o aumento chegou a quase 30% de aumento. “É um reajustamento bem razoável. O que é possível hoje seria essa proposta que está ai”, comentou Botelho nesta terça-feira (29/03/22).

Conforme explicado pelo presidente do Legislativo Estadual, as mensagens já foram enviadas pelo governador e encaminhadas ao setor de protocolo. “Incluímos também algumas categorias que estavam bem defasadas como é o caso do Detran e o socioeducativo”, ponderou Botelho.

“Vamos fazer uma força-tarefa para aprovar isso tudo e ser sancionado ainda dentro do prazo eleitoral que é antes do dia 3 de abril. É um avanço que temos e vamos fazer uma força-tarefa dentro da Assembleia Legislativa para aprovar tudo até sexta-feira e dar tempo de cumprirmos o calendário eleitoral”, colocou.

Em relação aos policiais penais, que chegaram a deflagrar greve este ano ano, o presidente da Assembleia reconhece que a proposta que será aprovada não atende totalmente a reivindicação feita pela categorias, mas é preciso levar em conta a questão da isonomia e também a distinção entre as funções exercidas por eles que é diferente da Polícia Militar. Eduardo Botelho esclareceu não ser possível contemplar na totalidade até porque haveria problemas com a Polícia Militar se fossem atendidos todos os pleitos. “Nós limitamos em cima da Polícia Militar. Eles estão ganhando equivalente”, comentou ao deixar claro que o reajuste será aplicado por faixas, variando de 8% até quase 30%.

AUXLÍLIO FARDAMENTO

Nos projetos que serão aprovados também estão incluídos benefícios para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros como auxílio fardamento e auxílio alimentação. Cada policial receberá de R$ 1.850 para adquirir o uniforme dentro do padrão.

“O governo vai depositar na conta o auxílio-alimentação para cada policial para que ele mesmo possa pagar sua comida. O fardamento também vai ser pago para cada policial militar e cada bombeiro”, observou Botelho.

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios