DestaqueMato GrossoNotícias

Forças de Segurança iniciam operação para desocupação da Porta da Amazônia em Vila Rica

Forças de Segurança de Mato Grosso estão autorizadas a iniciar nesta-quinta feira (01/04/21), a operação para desocupação da área conhecida como Porta da Amazônia, na divisa dos município de Confresa, Santa Terezinha e Vila Rica.

A área se encontra ocupada desde 1997, antes disso pertencia a Agropastoril Nova Patrocínio ligada ao Frigorifico Kaiowa S.A que entrou em falência, porem a citada aérea acabou indo a leilão em 2018, através da massa falida da empresa e foi arrematada pela agropecuária Lago Grande S.A. O local em questão envolve os objetos das matrículas números 3.274, 5.173, 5.174 e 5.175, todas do CRI de Vila Rica.

A situação no local é de tensão, líderes religiosos, advogados ligados a 27ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, membros de comissões de direitos civis e lideranças políticas acompanham de perto a situação.

Recentemente os produtores rurais e moradores da área bloquearam a BR 158 principal via de escoamento da região Araguaia, e por onde trafegam diariamente centenas de veículos e caminhões com a produção agrícola de Mato Grosso, como forma de chamar atenção das autoridades, uma comissão também esteve em Brasília falando com o presidente Jair Bolsonaro sobre o tema, mas infelizmente não obtiveram sucesso.

 

Vila Rica News/ Eldorado FM

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios