DestaqueEstupro de vulnerávelGoiás

GO- Filha de homem preso com 9 mil vídeos de pornografia infantil contou à mãe que irmã foi estuprada pelo pai, diz polícia

Investigado nega que era dono das imagens e ficou em silêncio sobre o suposto crime contra a filha, em Rio Verde-GO. Corporação apura omissão da mãe da menina.

A Polícia Civil apurou que a filha mais velha do homem preso com 9 mil vídeos de pornografia infantil tinha contado à mãe que a irmã mais nova, à época com 13 anos, foi abusada pelo pai, em Rio Verde GO, no sudoeste goiano. Segundo a corporação, a mulher alegou que estava tentando uma prova para denunciar o marido, de 45 anos. O homem foi detido após uma denúncia anônima sobre as imagens que ele tinha em pendrives, HDs, entre outros.

Ao ser detido, na noite de quinta-feira (15/10/20), ele negou à polícia que era dono dos vídeos e ficou em silêncio sobre o suposto crime contra a filha. Conforme os investigadores, até a manhã desta sexta-feira (16/10/20), o preso não havia apresentado advogado. Portanto, não se teve até o momento  um posicionamento da defesa dele sobre o caso.

O delegado Caio Martines Santos Pereira, responsável por registrar a prisão do suspeito, contou que, após o flagrante, a esposa e as filhas foram ouvidas. Depoimentos iniciais delas indicaram que a menina mais velha, que tem 16 anos, tinha contado à mãe, há alguns meses, que a mais nova havia sido abusada.

“A mãe pediu que a mais velha tentasse filmar para ter prova. A filha conseguiu, mas o pai ficou sabendo da gravação e quebrou o celular, destruindo a prova”, disse o delegado.

Também de acordo com o investigador, apesar de o homem ter destruído essa gravação, havia outra em que o próprio preso aparecia abusando da mesma filha, que atualmente tem 14 anos. Ela estava salva entre os 9 mil arquivos de pornografia infantil.

“Tinha um vídeo dele estuprando a própria filha no meio dos outros. Ele diz que não sabia das imagens e se exime da responsabilidade”, comenta o delegado.

Homem de 45 anos foi preso com 9 mil vídeos pornográficos infantis — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Homem de 45 anos foi preso com 9 mil vídeos pornográficos infantis — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 

De acordo com o investigador, a denúncia de que o homem abusou da filha será investigada pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) da cidade. As datas em que cada suposto estupro aconteceu ainda estão sendo apuradas pela corporação, assim como se houve outros abusos ainda não relatados.

Segundo o delegado, como as investigações estão em andamento, ainda está sendo investigada a conduta da mãe para saber se ela não protegeu a filha mesmo sabendo do abuso ou se realmente fez o que pode diante da situação.

Como o nome dela não foi informado pela polícia, a reportagem não conseguiu localizá-la para que se posicionasse sobre o caso.

O homem deve responder por armazenar pornografia infantil e pelo abuso à filha mais nova, mas as apurações devem ser aprofundadas.

  “A gente está diante de um pedófilo, que tinha vídeos de crianças de 3 anos de idade fazendo sexo, uma pessoa altamente perturbada. A gente não pode descartar nada, já que tinha duas filhas menores na casa e ele entrava no quarto quando elas estavam dormindo”, completou o delegado.

G1 GO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios