CuiabáDestaqueEstelionatoMato GrossoPolíciaPrisão

Golpistas que ostentavam balada e luxo nas redes sociais são presos em Cuiabá

Bandidos pagavam apenas a entrada na compra de veículos e grãos e depois desapareciam com os produtos

Dois bandidos envolvidos na prática de estelionato, que ostentavam vida de luxo em festas e fotos divulgadas em redes sociais da internet, tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos pela Polícia Civil nesta terça-feira (13/09/22), em operação deflagrada pela Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes de Cuiabá.

Além dos dois mandados de prisão preventiva, a operação deu cumprimento a mandados de busca e apreensão domiciliar e bloqueio de contas bancárias em desfavor dos dois presos. Foi solicitado o bloqueio de R$ 280 mil das contas em razão dos prejuízos causados às vítimas.

Segundo as investigações da Delegacia de Estelionato, os investigados aplicaram golpes em diversas vítimas que alugaram ou venderam veículos, caminhões e grãos à dupla. Os criminosos só pagavam o valor da entrada e depois fugiam com os veículos, sem quitar o restante de valor e sem deixar pistas do paradeiro dos bens adquiridos.

Além de aplicar os golpes contra as vítimas, os bandidos ostentavam uma vida de luxo, frequentando festas, esbanjando maços de dinheiro em fotos nas redes sociais.

Diante das informações passadas pelas vítimas e das apurações realizadas pela Polícia Civil, a delegada Judá Marcondes representou pelas ordens judiciais que foram deferidas pelo Poder Judiciário.

Os bandidos foram colocados à disposição da Justiça.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios