DestaqueMato GrossoPolítica

Governo de MT faz pente-fino em licenças médicas de 844 servidores

O objetivo é monitorar o afastamento dos servidores públicos civis e militares, a fim de averiguar a continuidade da incapacidade laborativa que deu origem à concessão da licença médica.

O governo estadual vai realizar um pente-fino nas licenças médicas apresentadas por 844 servidores do Poder Executivo que estão afastados de suas funções para tratamentos médicos.

A portaria que alerta sobre os procedimentos para a realização da revisão das concessões de licenças médicas vigentes foi publicada no Diário Oficial que circula desde quinta-feira (6).

O objetivo é monitorar o afastamento dos servidores públicos civis e militares, a fim de averiguar a continuidade da incapacidade laborativa que deu origem à concessão da licença médica. De acordo com a portaria, caso a avaliação conclua pelo retorno do servidor às atividades, o usufruto da licença será suspenso.

Os servidores serão convocados por meio de edital com data e horário agendado para a apresentação nas unidades de Perícia Médica e serão submetidos a uma nova avaliação médica pericial.

No ato da avaliação, o servidor deverá apresentar exames e atestados médicos atualizados, indicando o tratamento com o CID da doença. O não comparecimento acarretará a suspensão do salário até a realização de nova perícia médica.

Fonte:G1 MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios