DestaqueMato GrossoPolítica

Homofobia-Mulher agride funcionário de rodoviária em MT;Vídeo

Uma mulher foi presa após agredir um funcionário do no Terminal Rodoviário de Lucas do Rio Verde (a 330 quilômetros de Cuiabá), na tarde de domingo (28/06/20). Rosenete Ribeiro Taques afirmou que seria parente do ex-governador Pedro Taques para intimidar a Polícia Militar.

Conforme o boletim de ocorrência, a mulher chegou até a agência para comprar uma passagem. No entanto, o funcionário pediu para que ela aguardasse a sua vez e que não violasse o limite de distância de prevenção ao coronavírus.

No entanto, Rosenete acabou se exaltando, começou a xingar a vítima e a quebrar os monitores do estabelecimento. A mulher logo depois passou a fazer ameaças e praticar o crime de injuria, devido a orientação sexual do rapaz.

“Viadinho não entra no céu, vai direto para o inferno, que odeia viado e que iria matar mesmo”, disse ela.

Após a chegada da Polícia Militar, a mulher ainda afirmou que ser parente do ex-governador Pedro Taques e caso os militares encostassem nela, a guarnição iria pagar o ato com a vida.

Uma testemunha que estava no local gravou a ação da mulher, que afirmou ser uma “profeta de Deus”, e começou a questionar a orientação da vítima enquanto agarrava a camiseta do funcionário. “Você quer ser mulher? Eu tenho nojo de viado. Se fosse homem, ele me peitava”, afirmou a mulher.Vídeo abaixo👇

 

 

Folha Max

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios