DestaquePolícia

Jovem suspeito de 50 homicídios morre em confronto com a PM, em Trindade-GO

Um jovem, de 24 anos, suspeito de participação em cerca de 50 homicídios morreu em confronto com a Polícia Militar, em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia. De acordo com a Polícia Militar, Guilherme Ferreira pertencia a facção criminosa PCC e era considerado de altíssima periculosidade.

Conforme informações, o suspeito já possui diversas passagens pela polícia, sendo por tráfico de drogas, receptação, aliciação de menores, associação criminosa, homicídio, roubo, furto, entre outros.

Como aconteceu o confronto com o jovem suspeito de 50 homicídios, em Trindade

A Polícia Militar tomou conhecimento do caso após uma denúncia anônima feita na última sexta-feira (29/5). Os militares receberam informações que havia um homem andando armado em via pública no Setor Serra Dourada, em Trindade.

Diante disso, o patrulhamento na região foi intensificado e o suspeito localizado. Quando a equipe tentou se aproximar para realizar a abordagem, o jovem correu e entrou dentro de uma residência.

Fotos:PMGO

Os policiais realizaram o adentramento tático e foram recebidos com diversos tiros, momento que revidaram a agressão. No confronto, o suspeito foi atingido e precisou ser encaminhado para uma unidade de saúde, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. Com ele foi encontrado um revólver calibre .38, com três munições deflagradas.

Agentes da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) estiveram no local para apurar o caso. Após ser identificado, ficou constatado que o autor já possui diversas passagens policiais ligadas ao crime organizado (PCC), sendo: 15 passagens por homicídio, 10 por roubo, duas por recepção, além de roubos, furtos, porte ilegal de arma de fogo, aliciação de menores e outros. Ele ainda é suspeito de participação em 50 homicídios cometidos em Trindade e região.

Dia Online

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios