AgronegócioDestaqueMato Grosso

MATO GROSSO- ‘Câmbio é o principal fator que impacta os preços do milho neste momento’

Paulo Molinari, analista da Safras & Mercado, falou a respeito da entrada da nova safra de milho no mercado e a tendência para os negócios futuros

Nesta terça-feira, 16, o Canal Rural transmite ao vivo Abertura Nacional da Colheita de Milho diretamente de Nova Mutum (MT), a partir das 10h. Paulo Molinari, analista da Safras & Mercado, que também irá participar desta celebração que pode ser recorde para o Brasil, falou sobre a entrada da nova safra de milho no mercado e da tendência para os negócios.

“Esta é uma safrinha com problemas regionais, as colheitas começam agora no Mato Grosso e os demais estados devem iniciar os trabalhos no próximo mês. Naturalmente, nós temos uma readequação no mercado que está ligada aos preços dos portos, preços de exportação, porque precisamos exportar 30 milhões de toneladas este ano, e naturalmente a formação dos preços, ao menos pelos próximos 120 dias, será coordenada pelo preço no porto”, comenta Molinari.

De acordo com o analista, um câmbio mais volátil pode ajudar os preços nos portos e um câmbio mais valorizado pode trazer pressão aos preços dos portos. Isso acontece porque a safra americana poderia resultar em uma grande volatilidade internacional no mercado, porém, a safra dos Estados Unidos não passa por grandes problemas climáticos e por enquanto não há chance de grandes altas para a Bolsa de Chicago, com base no que é especulado pelo mercado.

Paulos Molinari confirma que neste momento o principal fator que impacta os preços são o câmbio, visto que não há neste momento preocupações climáticas com a safra americana e o início da pré-colheita do milho na maioria dos estados.

Segundo Molinari, os negócios estão lentos nesta semana com a alta do câmbio, retraindo produtores que esperavam por preços maiores, mas que segundo o analista, não devem retornar tão cedo.

Canal Rural

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios