Covid-19DestaqueLeitos de UTIsMato Grosso

Mato Grosso receberá pacientes Covid-19 em estado grave de Rondônia

Expectativa é de que os primeiros pacientes cheguem nesta terça-feira (26/01/21) para receber a assistência médica necessária

O Governo de Mato Grosso disponibilizou leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber pacientes em estado grave da Covid-19 do estado de Rondônia. A expectativa é de que os primeiros pacientes cheguem nesta terça-feira (26/01/21) para receber a assistência médica necessária.

Conforme o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, este é um momento de unir forças diante do colapso que os outros estados já vivem. O gestor entende que é preciso levar em consideração a universalidade do Sistema Único de Saúde (SUS) e ser solidário aos familiares e pacientes que anseiam por ajuda.

“Dentro do princípio de que é o SUS, não existe leitos exclusivos de Mato Grosso, de São Paulo ou do Rio de Janeiro. Existem leitos SUS e, neste momento, levando em consideração a nossa taxa de ocupação que está em 67% para UTIs adulto, temos que ser solidários com os estados que estão colapsados precisando de leitos”, pontuou Figueiredo.

SES-MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios