BrasilClima TempoDestaque

Milho segunda safra: saiba quanto deve chover na próxima semana

Há expectativa da formação de uma área de baixa pressão no início da semana que vem, mas o sistema não vai conseguir levar muita umidade para o interior do Brasil

O tempo ainda está muito seco em importantes áreas produtoras do oeste de São Paulo, Mato Grosso do Sul, sul de Mato Grosso e Goiás. E com isso, além de prejudicar as áreas de milho segunda safra, a falta de umidade afeta lavouras de cana-de-açúcar e pastagens.

Há expectativa da formação de uma área de baixa pressão no início da semana que vem, mas o sistema não vai conseguir levar muita umidade para o interior do Brasil. “Algumas cidades, como é o caso de Rio Verde, no sul de Goiás, a expectativa é de apenas 60 milímetros de chuva em abril e não podemos esquecer que já viemos de um março com volumes abaixo do normal”, explica Desirée Brandt, da Somar Meteorologia.

No início da próxima semana a chuva deve ganhar força na metade oeste do estado de Mato Grosso do Sul. Isso por conta da atuação de um sistema de baixa pressão atmosférica, aliado a instabilidades nos médios níveis da atmosfera. Nas demais áreas da região, sem grandes mudanças, com chuva entre o norte de Goiás e o estado de Mato Grosso.

No Sudeste, a próxima semana inicia com chuva ainda na faixa litorânea da região, entre o estado de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Além disso, o norte de Minas Gerais ainda deve ter chuva isolada e pontual. Nas demais áreas da região, segue a condição de tempo firme, com sol e friozinho pela manhã. Na parte da tarde os índices de umidade relativa do ar seguem baixos, atingindo valores próximos aos 30%.

Canal Rural

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios