DestaqueIndígenaMato GrossoQuerênciaSaúde

Ministro da Saúde , Governador do Estado e Prefeito de Querência em Área indígena

O ministro afirmou que, em relação aos indígenas aldeados, ou em áreas não homologadas, a Campanha Nacional de Imunização contra a Covid-19 conta com um avanço significativo.

Durante o mês de julho, um grande mutirão com atendimentos médicos, odontológicos e exames será realizado para mais de 2,3 mil indígenas que fazem parte do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Xingu, no Mato Grosso. A ação, organizada pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde, reforça os cuidados do Governo Federal com a saúde indígena, que foram redobrados durante a pandemia da Covid-19.

Acompanhado do titular da Sesai, Robson Santos, Governador de Mato Grosso Mauro Mendes, Prefeito de Querência Fernando Gorgen, Secretária de Saúde de Querência Lubiane Boer e o Prefeito de Canarana Fábio Faria, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhou a abertura dos trabalhos nesta segunda-feira (12/07/21) direto do Polo Base Leonardo. No local, foi montada uma estrutura com 22 consultórios provisórios para atender a população indígena.

 

 

Na visita, Queiroga destacou que a saúde indígena é uma das prioridades do Ministério da Saúde, que é coordenada pela Sesai. O ministro afirmou que, em relação aos indígenas aldeados, ou em áreas não homologadas, a Campanha Nacional de Imunização contra a Covid-19 conta com um avanço significativo.

“Nós temos mais de 70% da população indígena vacinada com as duas doses da vacina e mais de 80% vacinada com uma dose. E os resultados nós já conseguimos perceber. A Sesai tem uma ação em todo Brasil. No Amazonas, em Roraima, no Acre, no Nordeste. Enfim, é uma grande conquista para os povos indígenas e, na nossa gestão à frente do ministério, essa ação por determinação do nosso presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, deve ser intensificada”, afirmou.

A ação conta com a parceria da Associação Doutores da Amazônia, organização sem fins lucrativos que deslocou mais de 30 profissionais para ampliar os atendimentos no local. Eles atuarão em conjunto com os mais de 200 profissionais de saúde que já atuam no DSEI.

A expectativa é de que mais de 6 mil atendimentos sejam realizados. Serão contempladas 24 aldeias de 16 etnias em área de abrangência dos municípios de Canarana, Feliz Natal, Gaúcha do Norte, Marcelândia, Nova Ubiratã, Paranatinga, Querência, São Felix do Araguaia e São José do Xingu. A escolha da área foi pactuada com as lideranças locais.

(Notícias Interativa-Wallyson Miranda / Ministério da Saúde)

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios