DestaqueMato GrossoPolícia

MT- Assaltante de banco morre em confronto com policiais e é 9º morto em operação

Roubo no estilo Novo Cangaço ocorreu no dia 4 de junho em Nova Bandeirantes (MT). Outros oito foram mortos em confrontos anteriores com a polícia.

Um novo confronto policial nesta segunda-feira (28/06/21) matou mais um assaltante suspeito de integrar a quadrilha que assaltou duas cooperativas de crédito no dia 4 deste mês, em Nova Bandeirantes, a 997 km de Cuiabá.

Policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Força Tática de Sinop localizaram quatro suspeitos em uma região de mata. Houve confronto e um suspeito foi morto no local. Com ele os policiais recuperaram cerca de R$ 50 mil que foi roubado das agências.

Armas e dinheiro recuperados pela polícia nesse sábado (26) — Foto: Polícia Militar

Armas e dinheiro recuperados pela polícia nesse sábado (26) — Foto: Polícia Militar

 

No sábado (26/06/21), outros confrontos entre os policiais militares e os suspeitos deixaram dois mortos. Um outro envolvido na troca de tiros foi preso.

Com os suspeitos, os policiais conseguiram recuperar mais de R$ 138 mil. Apenas um deles foi identificado até o momento: Francisco de Assis Cavalcante dos Santos, conhecido como ” Galego”.

Assalto no estilo Novo Cangaço em Nova Bandeirantes (MT) — Foto: Divulgação

Assalto no estilo Novo Cangaço em Nova Bandeirantes (MT) — Foto: Divulgação

 

Além dos três mortos entre sábado e segunda, outros seis assaltantes foram mortos em dois confrontos com a polícia: Maciel Gomes de Oliveira, 36 anos; Luiz Miguel Melek, 39; Romaro Batista de Oliveira, 35; Waldeir Porto Costa, 25; Diego Almeida Costa, de 31 anos, e Adailton Santos da Silva, 40.

Em 24 dias de operação para recuperar o dinheiro roubado das cooperativas de crédito de Nova Bandeirantes e prender os responsáveis pelo crime, as forças de segurança já conseguiram apreender quase R$ 500 mil do dinheiro roubado, além de identificar oito suspeitos envolvidos no crime.

Policiais recuperaram mais R$ 45 mil em mata — Foto: Polícia Militar

Policiais recuperaram mais R$ 45 mil em mata — Foto: Polícia Militar

Desde o dia do assalto, mais de 120 agentes da segurança têm trabalhado para solucionar o crime, identificar e deter os responsáveis que participaram direta ou indiretamente da ação.

Dois presos pela polícia na semana passada passaram por audiência na justiça.

Josias Silveira foi solto com a condição de ser monitorado por tornozeleira eletrônica e Ednicio Pereira Cavalcante teve a prisão em flagrante convertida prisão preventiva.

Segundo analisado pela Justiça, Josias foi preso em uma revendedora de carros quando tentava comprar um veículo no valor de R$ 21 mil.

Ednicio foi preso em seguida após ter a localização revelada por Josias. Com ele os policiais encontraram R$ 2,3 mil em dinheiro.

O magistrado entendeu que Josias estava ajudando Ednicio e se esconder dos policiais. Já Josias não teve a participação comprovada diretamente no assalto.

G1 MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios