DestaqueEstupro de vulnerávelMato GrossoPolícia

MT- Criança de 10 anos é estuprada por dois homens de 19 e 70 anos

Um jovem e um idoso foram presos pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (23.09), durante ação para cumprimentos de mandados judiciais. Os crimes ocorreram em Poxoréo.

Os homens, de 19 e 70 anos, tiveram as ordens de prisões preventivas decretadas pelo juízo da Comarca local no início da semana. Eles são investigados pelo estupro cometido contra uma menina de 11 anos,a família procurou  a delegacia da Polícia Civil para denunciar o caso.

Imediatamente, a Polícia Civil requisitou a realização de exame na vítima, que confirmou que a conjunção carnal. Diante dos indícios, diligências investigativas foram realizadas para apuração do caso e a vítima foi ouvida, contando detalhes e  esclarecimento do crime. O Conselho Tutelar do município também foi acionado para acompanhar e auxiliar nas providências necessárias.

Conforme o delegado de Poxoréu, Rafael Fossari, durante as investigações foi possível identificar os dois suspeitos como os responsáveis pelos abusos cometidos contra a criança. Ambos não possuem parentesco com a vítima, porém, residem próximos à casa da criança. Diante das provas e evidências coletadas, o delegado de Poxoréo representou pelo pedido de prisão preventiva dos suspeitos.

Os dois foram presos no bairro Vila Santa Maria e conduzidos para a delegacia, onde foram interrogados e negaram as acusações. Após cumprimento da prisão, foram encaminhados a uma unidade prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

“As investigações continuam para conclusão do inquérito policial, bem como para identificar as suspeitas de outras possíveis vítimas menores de idade, as quais também  teriam sofrido o mesmo crime”, destacou o delegado Rafael Fossari.

 

Cenário MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios