DestaqueMato GrossoPolícia

MT- Mulher se esconde em motel para fugir de estuprador

Vítima pediu socorro para as atendentes do estabelecimento, que acionaram a polícia.

Um homem de 29 anos foi preso em flagrante na madrugada desta quinta-feira (02/09/21), acusado de tentar estuprar uma mulher em um motel, no Bairro Figueirinha em Várzea Grande. A vítima pediu socorro para as atendentes do estabelecimento, que acionaram a polícia.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada no estabelecimento por volta das 03h40m. No local, os policiais encontraram o agressor bastante exaltado. Ele se recusava a obedecer às ordens dos agentes.

O homem precisou ser algemado para o prosseguimento da ocorrência.

A vítima relatou que havia brigado com seu marido e foi até um bar da cidade. Quando percebeu, ela estava no quarto do motel com o agressor. Ele tentava tirar suas roupas, mas ela se recusou.

A mulher tentou ligar para o seu marido, mas o homem quebrou o celular da vítima. Ela se escondeu no banheiro e pediu socorro para as atendentes, que acionaram a Polícia Militar.

Ao perceber que o acusado tinha saído do quarto, ela saiu correndo e se escondeu em outra suíte do estabelecimento até a chegada dos policiais.

Diante da situação, o agressor foi encaminhado para a Central de Flagrantes e preso.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Da Redação

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios