DestaqueEstupro de vulnerávelMato Grosso

MT- Pai e filho estupram menina de 8 anos

A vítima é sobrinha do pedófilo e prima do menor de 14 anos. Os estupros ocorreram em Poconé.

A Polícia Civil cumpriu na manhã de quarta-feira (21/07/21) o mandado de internação contra um menor pelo estupro da prima de apenas 8 anos de idade, no município de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá). O mandado de internação provisória foi expedido contra o menor pelo ato infracional de estupro de vulnerável.

Os fatos aconteceram no mês de abril de 2021, ocasião em que o padrasto da vítima teve o mandado de prisão cumprido pelo estupro de vulnerável da menor e o adolescente também foi apreendido pelo mesmo ato.

As investigações iniciaram após a equipe da Delegacia de Poconé receber a comunicação da situação de estupro de vulnerável, em que o adolescente abusou sexualmente da prima, sendo também descoberto posteriormente os abusos praticados pelo padastro.
O caso veio à tona, após o menor de 14 anos (primo da vítima) ser flagrado por familiares abusando da menor. Durante conversa com criança, ela também revelou que sofria constantes abusos sexuais praticados pelo padrasto.

Com base nas informações, foi instaurado inquérito policial contra o padastro que foi preso preventivamente no mês de abril. Em relação ao menor, o Ministério Público pediu a internação provisória do infrator. A ordem judicial foi cumprida, nesta quarta-feira (21), pelos policiais da Delegacia de Poconé, sendo o menor localizado em uma propriedade rural do município.

Repórter MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios