Barra do GarçasDestaqueMato Grosso

MT- Preso pela PF, cacique degolou servidor da Funai por não priorizar sua aldeia com projetos

O cacique Marvel Xavante, da etnia de mesmo nome, preso na última quarta-feira (20/01/21), em Barra do Garças MT, pela Polícia Federal, foi condenado a mais de 12 anos de reclusão por degolar Floriano Márcio Guimarães, servidor da Fundação Nacional do Índio (Funai), em 2001, em uma aldeia em Nova Nazaré. O motivo; o homem não quis priorizar a aldeia do assassino em projetos e programas.

Segundo o julgamento do cacique, o indígena teria assassinado o chefe do posto da Funai por estar cansado de ter a sua aldeia sempre atendida por último pelos projetos da fundação. Antes do crime, ele já havia ameaçado Guimarães de morte, caso ele não priorizasse a aldeia do cacique.

O servidor se negou a alterar a ordem das atividades, mantendo a sequência estabelecida pela Funai. Marvel e outro indígena foram até a cidade de Nova Nazaré e estavam a caminho da aldeia Tritopa, onde o servidor da Funai foi degolado.

Marvel foi condenado por júri popular em 2011, após os jurados entenderem que a morte se deu de forma cruel e sem qualquer chance de defesa da vítima. A pena é de 12 anos, 5 meses e 10 dias de reclusão em regime fechado.

A ordem de prisão foi expedida pelo juízo da 5ª Vara Federal em Cuiabá/MT. O preso foi encaminhado ao Sistema Prisional em Barra do Garças/MT e segue à disposição da Justiça Federal.

 

Olhar Direto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios