CuiabáDestaqueMato GrossoPolícia

MT- Suspeito de aplicar golpes pela internet tem ataque epilético ao ser abordado pela PM

Foi iniciado o procedimento de abordagem e já no pátio de estabelecimento comercial um dos suspeitos teve a crise.

Um dos integrantes de uma quadrilha suspeita de cometer tráfico de droga e estelionato, no bairro Bela Vista, em Cuiabá, teve um ataque epilético ao ser abordado por policiais militares nessa quinta-feira (21/01/21).

Policiais da Rotam estavam em patrulhamento quando viram dois homens entrando em um lava a jato. Foi iniciado o procedimento de abordagem e já no pátio de estabelecimento comercial um dos suspeitos teve a crise.

Dentro do imóvel seis suspeitos tentaram fugir, mas foram contidos. Um deles carregava meia barra de maconha.

Durante a entrevista, o bando confessou que estava reunido para aplicar o golpe de compra e venda pela internet.

O suspeito que passou mal foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá, recebeu atendimento médico e foi liberado. Em seguida, ele e os demais membros da quadrilha foram levados para a delegacia.

Foram apreendidos 18 celulares, além de joias, um relógio e dinheiro.

G1 MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios