DestaqueMato GrossoPolícia

MT- Suspeito de integrar organização criminosa é morto após confronto com a Força Tática

A ação tinha como base um mandado expedido pelo Poder Judiciário contra o suspeito de 26 anos, que fez disparos na direção da equipe da PM durante abordagem

Policiais da 14ª Companhia de Força Tática da Polícia Militar de Rondonópolis apreenderam droga, dois veículos e uma pistola durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma casa na área central de Pedra Preta (238 km de Cuiabá). A ação tinha como base mandado expedido pelo Poder Judiciário como parte da ‘Operação No Red’, de combate às organizações criminosas. Os policiais chegaram ao local por volta das 6hs da manhã deste sábado (24/04/21), quando entraram na casa e foram recebidos a tiros.

Um suspeito de 26 anos fez disparos na direção da equipe da Força Tática enquanto tentava se esconder em um dos cômodos. Ele acabou sendo baleado. Socorrido para o pronto socorro local, ele morreu logo depois. A mulher dele, de 19 anos, acabou presa por tráfico de droga.

No local, além de uma pistola PT 940 com a qual o suspeito atirou na direção dos policiais militares, foram apreendidos um tablete de maconha, porções de cocaína, R$ 715 em dinheiro e dois telefones celulares.

Também foram apreendidos dois automóveis, sendo um veículo Gol e uma motocicleta. Ambos estavam na garagem da casa. A suspeita presa e todos os produtos apreendidos foram entregues no plantão da Polícia Judiciária Civil .

PMMT

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Assessoria PMMT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios