DestaqueNotíciasSaúde

Mulher de Rio Verde GO que contraiu coronavírus receberá alta curada

Em meio à avalanche de más notícias envolvendo o avanço do novo coronavírus e o aumento do número de casos confirmados de Covid-19, doença causada pelo vírus, em Goiás, uma ótima notícia: a mulher de 65 anos que havia sido diagnosticada com a enfermidade oriunda do coronavírus no município de Rio Verde receberá alta, no próximo domingo (22/3), curada.

A informação foi confirmada a um veículo local pelo secretário de Saúde de Rio Verde, Eduardo Ribeiro. Conforme ele, a mulher, de 65 anos – enquadrada no grupo de risco do coronavírus – teve contato com 28 pacientes que foram monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde. Dos 28, já se tem o resultado para o exame de 24, e na última segunda-feira (16/3), outra mulher foi confirmada.

O resultado dos exames dos quatro faltantes deve ser liberado ainda nesta terça-feira (17/3).

Goiás já registra 9 casos confirmados oficialmente de coronavírus

Na noite desta segunda-feira, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) informou o aumento de casos confirmados do Covd-19 de 7 para 9.

Os casos registrados de coronavírus são de pessoas que vieram do exterior para Goiás. De todos os casos, cinco são somente em Goiânia; outros dois em Anápolis e dois em Rio Verde, no sudoeste do estado.

Diante do aumento dos casos, o Governador Ronaldo Caiado tomou novas medidas urgentes para conter a disseminação do novo coronavírus. Após suspender as aulas por 15 dias e determinar o fechamento de lojas na região na 44, na noite desta segunda-feira (16/3) ele ainda decretou a proibição para realização de qualquer tipo de evento e feiras livres, além do fechamento de lojas e shoppings centers.

“As pessoas precisam entender que isso não é vontade de A ou de B. É uma atitude preventiva. Ninguém quer tomar atitudes como essa se não fosse em resposta à qualidade de vida para as pessoas”, afirmou Ronaldo Caiado.

Tv Serra Dourada

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios