DestaqueMato GrossoPolícia

Padrasto é suspeito de matar enteada deficiente mental em Mato Grosso

A vítima, que tinha deficiência cognitiva, estava desaparecida desde o domingo, 21 de junho. O corpo foi encontrado no rio Santana, próximo aos fundos da igreja católica Santa Luzia, na manhã desta terça-feira, na margem do lado da cidade de Arenápolis.

Conforme informações repassadas por um familiar, que registrou boletim de ocorrência do desaparecimento da vítima, Jucineia saiu de casa no fim da tarde de domingo, sem levar o celular e depois não foi mais vista.

O delegado informou que a perícia inicial descartou as hipóteses de afogamento ou estrangulamento. Detido na terça-feira, o suspeito foi encaminhado à Delegacia de Nortelândia e em entrevista aos policiais, não se manifestou.

A Polícia Civil segue com as diligências para reunir provas e depoimentos para o inquérito. Familiares da vítima estão sendo ouvidos e o delegado Rodrigo Rufato aguarda também o resultado dos laudos da Politec para confirmar a causa da morte.

O suspeito será encaminhado para realização de exame de corpo de delito e depois irá para uma unidade prisional.

Pesar

“É com profundo pesar que a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, APAE de Nortelândia informa o falecimento da aluna Juscinéia Gonçalves de Matos, de 42 anos. A escola está em luto, com o devido respeito à família da aluna, colegas e toda a comunidade de nossa instituição. A Apae de Nortelândia lamenta profundamente o ocorrido e está comprometi da em garantir todo o apoio à família.

Cenário MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios