DestaqueMato GrossoNotíciasPESSOAS DESAPARECIDASPolíciaQuerência

Polícia Civil de Querência também participa da Campanha Nacional de coleta de DNA de familiares de pessoas desaparecidas

Delegado Drº Rogério Gomes explica que a iniciativa tem por finalidade possibilitar a identificação de pessoas desaparecidas por meio de exames e bancos de perfis genéticos

O Delegado Drº Rogério Gomes ainda em coletiva de imprensa nesta terça-feira (08/06/21), fala a respeito da Campanha Nacional de Coleta de DNA de Familiares de Pessoas Desaparecidas. .Ainda orienta a população em questão do prazo de registro do boletim de ocorrência de pessoa desaparecida ,explica que existe um mito sobre o  prazo de 24hrs. Afirma que se  o familiar quebrou a rotina de sua volta para casa , demorou mais que o esperado e você sabe que ela não faria isso , procurar a Polícia e registrar o B.O. (matéria completa no vídeo acima).

 

Saiba mais sobre a Campanha

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), lançou, na terça-feira 25 do mês de Maio, a Campanha Nacional de Coleta de DNA de Familiares de Pessoas Desaparecidas. A iniciativa marca a celebração do Dia Internacional das Crianças Desaparecidas e tem por finalidade possibilitar a identificação de pessoas desaparecidas por meio de exames e bancos de perfis genéticos

Esta campanha também visa a incentivar os familiares a fazerem a doação do material genético, que será voluntária e indolor, para inclusão no Banco Nacional de Perfis Genéticos. Dessa forma, com a tecnologia disponível, é possível identificar vínculos genéticos entre as pessoas cadastradas no banco.

O titular do MJSP, Anderson Torres, ressalta que o lançamento da campanha é “fundamental”, mas o trabalho será ainda mais abrangente: “Precisamos de proatividade, de busca ativa dessas pessoas desaparecidas, criar um programa nacional para orientar profissionais de segurança pública, de saúde e toda a sociedade; e dar uma resposta a essas famílias”.

Comitê

A iniciativa receberá o apoio de um comitê que conta com a participação de integrantes dos ministérios da Saúde e da Cidadania, do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública, das perícias criminais, dos conselhos tutelares, dos conselhos dos direitos humanos e da sociedade civil.

O comitê ficará responsável, entre outras atribuições, pela implementação e monitoramento da Política Nacional de Busca de Pessoas Desaparecidas e pelo fomento à cooperação entre Governo Federal, estados, Distrito Federal e municípios para o mapeamento, prevenção e busca de pessoas desaparecidas.

A titular do MMFDH, Damares Alves, explica que uma das grandes dificuldades na busca por pessoas desaparecidas é a ausência de informações: “A primeira coisa que esse comitê vai fazer é descobrir de fato quantas crianças estão desaparecendo no Brasil. Não podemos mais fechar os olhos. As crianças estão em risco no Brasil, mas vamos virar essa página”.

O secretário Nacional de Segurança Pública, Carlos Paim, destacou que o desaparecimento de pessoas gera grande impacto nas famílias e comunidades. “A ausência inexplicável de um ente querido deixa marcas difíceis de ignorar. É para os familiares dessas pessoas que estamos construindo essa política pública.”

Com informações Governo do Brasil.

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios