DestaqueMato GrossoPolícia

Polícia Civil recupera barco e motor subtraídos por ‘piratas’ no Rio Araguaia

Um aventureiro que foi atacado e roubado por “piratas” no Rio Araguaia teve os seus bens devolvidos, na sexta-feira (05/03/21), após rápida ação da Polícia Civil e  Polícia Militar de Santa Terezinha (1.312 km a nordeste de Cuiabá). A vítima, de 70 anos, é aposentada do município de Mineiros (G0) e saiu de Barra do Garças no dia 04 de fevereiro para realizar uma aventura de barco.

O aposentado descia o Rio Araguaia em sua embarcação, rebocando uma canoa de quatro metros e um motor de popa. Na quarta-feira (03/03/21), o aventureiro atracou sua embarcação na cidade de Santa Terezinha e no dia seguinte (04/03/21) deu continuidade a sua viagem.

Durante o trajeto, o aposentado foi abordado por três pessoas que estavam em outra canoa e encostaram-se à sua embarcação e anunciaram o assalto. Os criminosos roubaram combustível, o motor de popa e o barco auxiliar da vítima, assim como uma pequena quantia em dinheiro.

Fotos: PJC-MT

O fato viralizou pelos grupos de WhatsApp e veículos de comunicação da região, chegando ao conhecimento das forças de segurança do município. Assim que tomou conhecimento dos fatos, as equipes da Delegacia de Santa Terezinha e da Polícia Militar iniciaram as diligências para averiguar os boatos que estavam circulando nas redes sociais.A abordagem da vítima ocorreu entre os distritos da comunidade Antonio Rosa e Lago Grande, pertencente ao município de Santa Terezinha e que fazem divida com a Ilha do Bananal do município de Pium (TO). Após o roubo, a vítima atracou sua embarcação na comunidade Lago Grande e contou os fatos para moradores da comunidade.

Segundo o delegado de Santa Terezinha, José Ramon Leite, apesar da vítima não manifestar interesse, o boletim de ocorrência foi registrado e as investigações seguem em andamento para identificar os autores do crime.Durante as diligências na comunidade, os policiais colheram informações com moradores, conseguindo localizar a canoa e o motor roubados da vítima em uma ilha na região, a aproximadamente dois quilômetros do distrito. Após a recuperação, os bens foram restituídos à vítima que apesar de ficar muito contente com ação das forças de segurança, disse que não queria registrar o boletim de ocorrência e apenas seguir a sua viagem.

“A vítima saiu para viver uma aventura e estava viajando há cerca de um mês pelo Rio Araguaia com a pretensão de chegar ao Amazonas, quando foi surpreendida pelos criminosos armados, que agiram como verdadeiros piratas subtraindo bens, fato que possivelmente dificultaria a continuidade da viagem do aposentado”, explicou o delegado.

 

PJC- MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios