DestaqueFeminicídioMato GrossoPolíciaRibeirão Cascalheira

Polícia consegue localizar e prender assassino que matou venezuelana que estava desaparecida no Araguaia

Além de responder pelo crime de feminicídio, ele vai responder pelo crime de ocultação de cadáver

A Polícia Militar da cidade de Ribeirão Cascalheira – MT, prendeu o homem que confessou ter matado e ocultado o corpo da venezuelana Ysabeel Jose Vegas Lezama, que estava desaparecida desde o último dia (26/12/21).

Segundo informações do boletim de ocorrência, Ysabeel era moradora da cidade de Água Boa, até que decidiu mudar-se para morar com o namorado, um homem de 26 anos, morador da cidade de Ribeirão Cascalheira.

No entanto, após o desaparecimento ter sido informado às autoridades competentes, a guarnição da PM juntamente com a Polícia Civil, conseguiu localizar o até então namorado da vítima. Após ser indagado sobre o desaparecimento da vítima, ele não soube responder. No entanto, após ser questionado novamente, ele confessou ter assassinado Ysabeel com 5 facadas, tendo tentado desferir mais golpes no pescoço dela. Após o crime, ele jogou o corpo da vítima nos fundos de um barracão de reciclagem em que ele trabalhava.

O suspeito alegou que cometeu o feminicídio motivado por ciúmes, uma vez que a vítima teria dito a ele que terminaria o relacionamento para iniciar um romance com outra pessoa, pois o relacionamento inicial era conturbado e cheio de brigas. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia, onde ficará à disposição da justiça.

Os Soldados  Brito e Barros  participaram da ocorrência e conseguiram prender o bandido.

Araguaia Notícias

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios