Covid-19DestaqueMato GrossoRibeirão Cascalheira

Prefeitura de Ribeirão Cascalheira proíbe venda de bebidas alcoólicas por 10 dias para conter aglomerações

Nesta última quarta-feira (24/03/21), a Prefeitura de Ribeirão Cascalheira divulgou mais um decreto com medidas restritivas para combater a propagação do novo Coronavírus, desta vez fica proibido a venda e consumo de bebidas alcoólicas até o dia 5 de abril em todo território do município. A medida visa diminuir as aglomerações, considerando que parte da população costuma se reunir para beber, principalmente aos fins de semana.

A prefeitura ainda determinou multa no valor de R$ 3 mil para o comerciante que descumprir as medidas e R$ 3.500 para o consumidor que for flagrado descumprindo o decreto. Também serão multados as pessoas que testaram positivo para Covid-19 e circularem em vias públicas, descumprindo as medidas de isolamento e colocando a vida de outros cidadãos em risco.

Entre as novas medidas também fica proibido realização de festas e eventos e está suspenso o atendimento presencial em órgãos públicos da prefeitura, sendo realizados de forma remota via internet ou telefone. Confira o decreto na íntegra em anexo no final desta matéria.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Ribeirão Cascalheira registrou desde o início da pandemia 794 casos de Covid-19. Atualmente 131 casos estão ativos, apresentando um crescimento de mais de 40% nos últimos 14 dias.

O secretário de saúde, Fausto Francisco, alegou que essas novas medidas são uma tentativa de evitar o colapso das unidades de saúde.

“Temos uma enorme preocupação de entrarmos em colapso, por isso estamos trabalhando arduamente para atender a todos que precisarem de atendimento. Esperamos que o decreto ajude a conter as aglomerações realizadas pela população que não tem consciência da gravidade dessa doença.”

Além das medidas restritivas, a prefeitura por meio da Secretaria de Saúde tem feito investimentos para atender os pacientes confirmados ou com suspeita de contaminação, através do Centro de referência ao combate a Covid.

Novos Investimentos

– Aquisição de mais cilindros de oxigênio, dobrando o estoque;

– Abertura de 10 novos leitos para pacientes que precisam ficar no oxigênio;

– Aquisição de novos testes rápidos e testes swab;

– Aquisição de mais medicamentos e vitaminas para tratamento de pacientes com Covid;

– Ampliação do atendimento do Centro de Covid, atendendo todos os dias da semana;

– Higienização dos órgãos público duas vezes ao dia;

– Acompanhamento psicológico para todos casos ativos através de ligações diárias;

– Atendimento fisioterapêutico pulmonar aos pacientes internos, para ajudar na recuperação.

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO CASCALHEIRA
ESTADO DE MATO GROSSO
CNPJ: 24.772.113/0001-73
GABINETE DA PREFEITAAvenida Padre João Bosco, n. 2067 Fone: (66) 3489-1955. 1
E-mail: prefeiturarc@gmail.com

DECRETO N° 2030/2021
DATA: 24 DE MARÇO DE 2021
“ADOTA MEDIDAS COMPLEMENTARES AO
DECRETO Nº 2027/2021, DE 18 DE MARÇO DE
2021, QUE DISPÕE SOBRE AS ATUALIZAÇÕES
DAS MEDIDAS RESTRITIVAS PARA CONTER A
DISSEMINAÇÃO DA COVID-19 E DÁ OUTRAS
PROVIDÊNCIAS”.
LUZIA NUNES BRANDÃO, Prefeita Municipal de Ribeirão Cascalheira
– Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, que lhe são
conferidas pela Lei Orgânica Municipal, e
CONSIDERANDO o crescimento da taxa de contaminação do novo
coronavírus no município de Ribeirão Cascalheira-MT,
CONSIDERANDO, ainda, a necessidade de adequar as normas
restritivas para conter a disseminação da Covid-19 de acordo com a atual
realidade no município de Ribeirão Cascalheira-MT.
D E C R E T A:
Art.1º. Este Decreto complementa as medidas impostas pelo Decreto
nº 2027/2021, de 18 de março de 2021, referente às restrições para conter a
disseminação da Covid-19 em todo território do Município de Ribeirão
Cascalheira-MT.
Art.2º. Além das medidas impostas pelo Decreto nº 2027/2021, de 18
de março de 2021, ficam impostas as seguintes:
I – Proibição de realização de esportes coletivos, eventos sociais,
festas, confraternizações, independentemente da quantidade de pessoas, bem
como aglomerações nos rios, córregos, lagos e lagoas;
II – Redução da quantidade de funcionários no interior dos
estabelecimentos comerciais, de forma a manter o distanciamento;
III – Proibição da comercialização e consumo de bebidas alcoólicas
até o dia 05 de abril de 2021, em todo o território do Município, devendo os
estabelecimentos comerciais adotarem as devidas providências para retirarem
os itens das prateleiras;
IV – O Comerciante ou pessoa física que ficar comprovado à
realização da venda de bebida alcoólica, será multado no valor de R$ 3.000,00
(três mil reais); O Consumidor que realizar a compra de bebida alcoólica,
será multado no valor de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais).

V – A comercialização e o uso de narguilé ou qualquer espécie de
tabaco de uso compartilhado fica proibido durante a vigência deste decreto;
VI – Fica vedado o comércio ambulante proveniente de outros
municípios;
VII – Os Restaurantes deverão respeitar o limite de 50% (cinquenta)
por cento da capacidade máxima do local, sendo que só poderão colocar
mesas e cadeiras no período compreendido das 10h00m as 14h00m. No
restante do dia, sem mesas e cadeiras em todos os estabelecimentos
Comerciais do Município.
VIII – A pessoa que testar positivo para a Covid-19 e for flagrada
circulando nas vias públicas e comércios, ou seja, não cumprindo o isolamento
domiciliar até testar negativo, responderá criminalmente pelo risco de
disseminação do vírus, além da aplicação de multas no valor de R$ 2.500,00
(dois mil reais).
Art. 3º. As demais restrições, valor das multas e penalidades
continuam definidas através do Decreto nº 2027/2021, de 18 de março de
2021.
Art. 4°. Fica suspenso o atendimento presencial nos órgãos ou
entidades do Poder Executivo Municipal, garantindo, todavia, o atendimento
por meio eletrônico ou telefônico, exceto serviços relacionados a saúde.
Parágrafo Único. Unidade do SEFAZ e o Setor de Tributação
funcionarão até as 11h00m.
Art. 5º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL
EM, 24 DE MARÇO DE 2021

 

Semana 7

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios