DestaqueEducaçãoMato GrossoPolítica

Prefeitura de Várzea Grande (MT) prorroga retomada das aulas nas redes municipal e particular para 18 de maio

No decreto anterior, a previsão de volta às aulas era no dia 5 de maio.

Um novo decreto assinado nesta quinta-feira (30) pela prefeita de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, Lucimar Campos (DEM), prorroga para o dia 18 de maio a retomada das aulas nas redes municipal e particular da cidade devido à pandemia de coronavírus. No decreto anterior, a previsão de volta às aulas era no dia 5 de maio.

A decisão foi tomada após reunião entre membros do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus e a prefeita, que reafirmou a necessidade da população e do comércio seguirem as regras de distanciamento social, de utilização de máscaras e de meios de higienização como água e sabão constantemente e álcool gel.

Segundo o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, Silvio Fidélis, a retomada das atividades escolares no próximo dia 18 de maio ainda não é um fato concreto, pois novas avaliações serão feitas para preservar a vida de milhares de alunos e de servidores da educação pública, bem como particular.

Fidélis e o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus sinalizaram que diariamente se faz uma avaliação do quadro e novas mudanças, se necessárias, podem ser adotadas.

Silvio Fidélis disse que analisa todas as possibilidades quanto à. Para retomada ou não das aulas, sempre pensando na preservação da vida das pele, deve haver responsabilidade redobrada, principalmente nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) que são as antigas creches.

Lucimar Campos voltou a afirmar que a população tem papel preponderante e fundamental no combate ao coronavírus que é o isolamento social e as medidas de distanciamento e de utilização rigorosa de higienização como forma de ajudar o poder público a combater e vencer mais este desafio em nome da qualidade de vida de todos.

G1 MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios