DestaqueMato GrossoPolíticaSaúde

Presidente do Tribunal de Justiça nega novo recurso e mantém a quarentena obrigatória

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Carlos Alberto Alves da Rocha, negou mais um recurso da Prefeitura de Cuiabá e manteve a quarentena obrigatória na Capital e em Várzea Grande. Decisão é desta sexta-feira (26).

Cuiabá e a cidade industrial foram classificadas como de alto risco para a transmissão do coronavírus em função do aumento do número de casos e de óbitos nos últimos dias. Justamente pelo cenário negativo, o juiz da Vara Especializada da Saúde Pública de Mato Grosso, José Leite Lindote, determinou que fosse cumprido decreto estadual que elenca ações a serem adotadas pelo Poder Executivo Municipal.

Há previsão, além da quarentena, de implementação de barreiras sanitárias e permissão de circulação somente para quem exerce atividades essenciais. A decisão de Lindote já havia sido mantida pelo desembargador Rui Ramos em julgamento de agravo de instrumento.

Mais informações em instantes

Olhar Direto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios