DestaqueMato GrossoQuerência

Produtora de leite de Querência investe nos derivados e inaugura agroindústria

Kézia Dias de Souza, nunca desistiu de fazer do beneficiamento do leite, seu próprio negócio. “Tudo começou com a vontade, depois veio o conhecimento e as parcerias. A GutMilk contou com o apoio de muita gente”, revela a produtora. O sonho de Kézia, que investiu no negócio durante cinco anos, se tornou realidade com a inauguração da Gutmilk, a terceira agroindústria no município de Querência.

Kézia conta que dar o primeiro passo é sempre muito difícil, mas teve que ter força e coragem para chegar até a realização desse sonho. “As coisas não estavam dando certo na cidade, tínhamos um comércio que precisamos fechar, resolvemos vir para o campo e investir na cadeia produtiva do leite”.

Moradora do P.A Pingos D’água, Kézia lembra ainda que estava complicado trabalhar apenas com o leite, o retorno não estava sendo suficiente nem para a alimentação dos animais. “Tínhamos dificuldades em relação à orientação técnica, não produzíamos tanto e não tínhamos uma rentabilidade tão boa. Decidimos que a solução mais viável seria começar a trabalhar com o beneficiamento dos derivados”.

Kezia e Esposo.

 

Apesar da decisão, Kézia sabia que o conhecimento era insuficiente e por isso decidiu procurar os treinamentos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e do Sindicato Rural de Querência. Com um olhar crítico em relação a sua produção, Kézia entendeu que a capacitação tinha que começar ainda no manejo dos animais.

“Há mais ou menos nove anos, tinha feito o treinamento de Administração de pequenas propriedades rurais do Senar-MT, então sabia que a ajuda que precisava em relação ao conhecimento eles poderiam me ofertar. Procurei o Sindicato Rural de Querência e comecei com os cursos de manejo, precisava entender primeiro sobre os animais e depois me aprofundar na produção”.

No total, a produtora participou de 13 treinamentos do Senar-MT e com o conhecimento a produção começou a dobrar. No início eram quatro vacas, atualmente a propriedade conta com 35 animais. “Com o aprendizado do manejo, precisava agora investir nos treinamentos de derivados do leite, participei de três, sendo um deles em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura”.

Com o conhecimento, a agroindústria começou a se destacar. A produtora passou a investir cada vez mais no negócio, conquistando a sede, maquinário de produção, alvará de funcionamento e selo de inspeção dos produtos. “Os cursos foram a peça-chave para a concretização do negócio porque trouxeram o conhecimento necessário que nós não tínhamos”.

Atualmente, a GutMilk atende escolas municipais e estaduais através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) do Governo Federal, que visa oferecer aos estudantes da rede de educação pública refeições saudáveis e nutritivas. Os produtos ofertados pela agroindústria às escolas são os destaques da produção: o iogurte e o leite pasteurizado.

Além dos produtos oferecidos para as escolas, a GutMilk também conta com a fabricação de doce de leite mesclado e queijos para a comercialização na comunidade em geral.  Feliz e satisfeita com o alcance do negócio, Kézia conta que as expectativas para o futuro são as melhores. “Pretendo contratar mais uma pessoa para nos ajudar. Quero ampliar a produção e comercializar para vários mercados dentro do estado”.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios