DestaqueFiscalizaçãoMato GrossoQuerência

QUERÊNCIA-Balsa e maquinários são apreendidos em operação de combate a crimes ambientais

Além de vistoriar áreas de desmatamento ilegal na região, a equipe também apreendeu a balsa que opera no Rio Suiá, interligando o município de Querência ao distrito de Espigão do Leste.

A balsa, que faz a travessia do rio interligando as rodovias estaduais MT-109 e MT-110, pertence à Transportes Fluviais Salazar e apresentava irregularidades na documentação e falta de licenças ambientais. A embarcação passou a operar em julho deste ano e esta já é a segunda suspensão de suas atividades.

A primeira apreensão ocorreu pouco menos de um mês do início das atividades, após um caminhão cair da balsa no Rio Suiá. À época, a Marinha do Brasil apreendeu a embarcação também por irregularidades na documentação.

As atividades de fiscalização ambiental, que incluem as ações de monitoramento e controle de crimes ambientas como desmatamento e exploração florestal ilegais, pesca predatória, caça ilegal, poluição causara por empreendimentos, dentre outros, seguem em pleno funcionamento durante a pandemia do Covid-19. Ao se deparar com crimes ambientais, o cidadão pode fazer denúncias pelo 0800 65 3838 ou via aplicativo MT Cidadão (disponível para IOS e Android).

Monitoramento Diário

Desde 2019, por meio da Sema, o Estado de Mato Grosso é beneficiário da Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal (ferramenta) adquirida pelo Programa REM, por meio do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), com recursos da Alemanha e Reino Unido.

Além das imagens diárias de alta resolução espacial, são disponibilizados alertas semanais de desmatamento e degradação da vegetação em toda a área do Estado. Os alertas permitem detectar desmates a partir de um hectare e acompanhar a alteração da cobertura vegetal de forma rápida e precisa.

 

Michele Soares/Notícias Interativa.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios