DestaqueEducaçãoMato GrossoQuerência

Querência- Escola Estadual Indígena será construída em parceria do Estado e município

Unidade será erguida em Querência. Investimento do Governo será de R$ 1.995.000

Querência está entre os 26 municípios que assinaram convênios com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação, na terça-feira (19/01/21). Prefeito da cidade, Fernando Gorgen enfatizou a importância da presença do Estado no Parque Nacional do Xingu.

Foram dois convênios assinados com Querência e um deles é para a construção do novo prédio da Escola Estadual Indígena Central Kisedje. O investimento do Estado será de R$ 1.995.000 e a contrapartida do município de R$ 5 mil. O outro é para construção de quadra poliesportiva com vestiário na Escola Estadual Querência.

“Foi um ato muito importante, a Secretaria de Educação está de parabéns. A presença do Governo do Estado no Parque Nacional do Xingu representa muito. Há tempos não havia uma ação tão importante quanto essa naquela região. A escola será muito bem-vinda”, disse o prefeito, Fernando Gorgen.

Além de Querência, assinaram convênios com a Seduc os prefeitos de Jaciara, Diamantino, Primavera do Leste, Peixoto de Azevedo, Alto Taquari, Campo Novo do Parecis, Canarana, Carlinda, Cláudia, Figueirópolis D’Oeste, Itanhangá, Juruena, Juscimeira, Lucas do Rio Verde, Nortelândia, Nova Brasilândia, Nova Canaã do Norte, Nova Lacerda, Novo Santo Antônio, Poconé, Porto Alegre do Norte, Santa Rita do Trivelato, Sapezal, Sorriso e União do Sul.

Seduc-MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios