DestaqueMato GrossoPolíticaQuerência

QUERÊNCIA- Justiça Eleitoral termina hoje o prazo para regularizar o título de eleitor e Cadastramento biométrico segue sendo realizado

Termina às 18 horas desta sexta-feira (21/02), o prazo para o eleitor regularizar sua situação na Justiça Eleitoral, se quiser votar, em 26 de abril, na eleição suplementar para uma vaga ao senado e suplentes.

Para atender os eleitores, o TRE, Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, ampliou o horário de atendimento nos postos nesta sexta-feira, até as seis horas da tarde.

Este é o prazo para o eleitor fazer a primeira ou segunda via do título de eleitor ou transferência de domicílio eleitoral. O eleitor que perder o prazo não poderá votar na eleição suplementar para a vaga de senador em Mato Grosso, no dia 26 de abril.

Além disso, o eleitor deverá regularizar o título para votar nas eleições municipais de outubro. Para estas, o prazo de regularização vai até o dia 06 de maio.

Quem não regularizar o título de eleitor, além de não votar, pode ter o documento cancelado e fica impedido de exercer diversos direitos civis, como tirar passaporte, tomar posse em cargo público, matricular-se em instituições de ensino superior, fazer empréstimo e ainda pode ter o CPF suspenso.

Em Querência, o cadastramento biométrico acontece de forma ordinária, ou seja, não é obrigatória neste momento. Portanto, o procedimento de cadastramento biométrico ainda não tem prazo para terminar.

Para regularizar sua situação, basta o eleitor levar um documento oficial com foto e um comprovante de residência até o Cartório Eleitoral, que fica na Avenida Norte, esquina com a Avenida Mato Grosso, nº 1545, setor Nova F (em frente ao Machry Super Mercado).

Foto:Notícias Interativa

Fonte:Notícias Interativa

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios