AgronegócioDestaqueMato GrossoQuerência

Querência/MT se prepara para a colheita da soja e espera boa produtividade

Podcast : Osmar Frizzo presidente do Sindicato Rural de Querência/MT

Algumas áreas de pivô já iniciaram a colheita da soja em Querência no Mato Grosso, mas o começo dos trabalhos gerais no município deve ser no dia 20 de janeiro, com a intensificação dos trabalhos durante fevereiro.

Até o momento, o irregularidade das chuvas marca o desenvolvimento das lavouras, mas a expectativa ainda é de boa safra, principalmente se as previsões de boas chuvas para janeiro se concretizem, conforme conta o presidente do Sindicato Rural de Querência/MT, Osmar Frizzo.

Empolgados com a possibilidade de repetir a média de produtividade de 57 sacas por hectare registrada na safra passada e aproveitando os bons momentos de mercado  os produtores do município já venderam 70% desta próxima produção.

Milho

Para a segunda safra de 2020 as perspectivas também são positivas para a região, que já registra 40% da produção vendida e deve contabilizar, no mínimo, 70% da área cultivada dentro da melhor janela para o plantio.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios