AgroBrasilClima TempoDestaque

Solo em Mato Grosso continua encharcado, mas a previsão é de aumento das temperaturas

Frente fria avança pelo Sudeste e influencia o tempo em diversos estados, reforçando a chuva

 

 

Uma frente fria formada no Sul já avança pelo Sudeste, reforçando a chuva no centro do país. Segundo a meteorologista Desirée Brandt, com esse avanço o sistema encontra um ar mais quente em algumas regiões com baixa umidade e deve provocar muita ventania. “Hoje o risco para ventania com ventos acima dos 60 km/h são para São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais. Nesta sexta-feira, o risco fica para os estados de Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal”, informa.

A chuva deve se formar desde a costa do Sudeste até a região Norte, formando um corredor de umidade, o que provoca grandes acumulados de chuva. “Ainda chove em Santa Catarina e no Paraná, já no Rio Grande do Sul o tempo será firme”, complementa Brandt.

Fim de semana

No sábado (20/11/21), a chuva avança e concentra desde a costa do Espírito Santo até a região Norte, pegando Goiás e Mato Grosso. No interior paulista, não há mais previsão de chuva a partir do sábado.

Acumulados

O acumulado de chuva na região Sul chega a 30 mm até sábado em Santa Catarina e no Paraná. No Rio Grande do Sul, nos próximos cinco dias a previsão é de continuar com o tempo mais firme.

A chuva irá se encontrar desde a costa do Sudeste até a região Norte, com 30 a 50 mm no Sudeste, inclusive em São Paulo. Já no Matopiba, os acumulados ficam entre 15 e 30 mm. No entanto, o oeste do Tocantins pode ter acumulados de até 70 mm.

Umidade em Mato Grosso

Segundo Desirée Brandt, os produtores mato-grossenses reclamam do excesso de umidade, o que impossibilita a realização das atividades no campo. “O solo está encharcado e há previsão de chuva, mas ela não vem para ficar de forma persistente”, diz a meteorologista.

Até domingo (21/11/21) a temperatura máxima em Mato Grosso fica acima de 30 °C, indicando trégua na chuva, o que melhora as condições no solo para os produtores.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios