DestaqueMato GrossoPolícia

Suspeito de praticar estupro é preso em Água Boa MT;Fotos

Em rondas pela Avenida Araguaia na cidade de Água Boa MT, uma viatura da Polícia Militar encontrou uma moça em prantos noite desta segunda-feira (17/08/20), relatando que estava sentada na calçada próximo à sua residência quando um suspeito se aproximou e perguntou o que ela estava fazendo ali.

A vítima ao se levantar para ir embora, foi abordada e ameaçada pelo suspeito, que a levou para uma construção abandonada. Mediante constantes ameaças, o suspeito estuprou a moça, entregando em seguida, uma nota de R$ 5,00 para ela esquecer o caso. O fato teria ocorrido por volta das 22hs.

O suspeito disse ainda que se encontrasse com ela e seu namorado na rua iria matá-los. A vítima conseguiu sair correndo e encontrou a polícia na sequência. O suspeito estava com uma arma de fogo na cintura, usava uma camiseta do time do Flamengo e bermuda de cor escura.

A viatura realizou patrulhamento nas proximidades sendo que o suspeito foi avistado próximo à escola Antônio Gröhs. Detalhe: ele estava com a camiseta  do lado avesso. O suspeito foi encaminhado ao CISC local. A vítima passou pelo médico Legista quando foi submetida a exame de corpo de delito.

O suspeito já tem antecedentes. Segundo o delegado de Polícia, Dr. Gutemberg de Lucena Almeida, Maurinho José da Silva, 36 anos, já possui condenação por furto e responde a vários processos por crimes de furto e roubo.

O caso segue sob investigação até a conclusão do inquérito policial, cujo prazo é de 10 dias. O suspeito tem amplo direito a defesa. Logo após sua detenção, o suspeito negava os fatos imputados a ele. Segundo o Ten Cel Gyancarlos Cabelho,já são 21 boletins de ocorrências em desfavor do suspeito.

Fotos: PMMT

Assessoria PMMT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios