AgronegócioClima TempoDestaque

Previsão do tempo: De todas regiões

Segunda-feira, 4

Sul

O grande destaque do dia é o retorno da chuva. Logo pela manhã já deve chover em pontos da fronteira oeste gaúcha e assim deve persistir no decorrer da segunda-feira por conta de instabilidades no interior do continente. A chuva vai se espalhar por todo o Rio Grande do Sul, com possibilidade de trovoadas por conta da aproximação de uma nova frente fria.

Até o fim do dia, pancadas também poderão ser registradas no sul, centro e oeste de Santa Catarina, além do sudoeste e oeste do Paraná, mesmo que ainda sem grande intensidade. Nas demais áreas, nada de chuva por enquanto, especialmente no norte do Paraná.

Ventos acima de 60 km/h podem ser registrados no sul gaúcho. De modo geral, ventos moderados também devem ser registrados ao longo do dia nos três estados.

Sudeste

Na segunda-feira já não chove na região, pois as instabilidades perdem intensidade. No entanto, destaque logo pela manhã para a formação de névoa úmida e/ou nevoeiro no leste de São Paulo, o que inclui a capital. No decorrer do dia, o tempo deve abrir, o sol volta a aparecer.

Diferente de São Paulo, a semana vai começar com céu mais nublado, mas sem chuva, no Rio de Janeiro, Espírito Santo e metade leste de Minas Gerais.

Nas demais áreas, condição de céu mais claro, com pouca presença de nebulosidade.

Centro-Oeste

No início da semana, o tempo firme ainda deve ser destaque na maior parte da região. A massa de ar seco impede a formação de nuvens carregadas.

Deve chover no extremo norte de Mato Grosso por conta de instabilidades tropicais, mas uma chuva rápida, isolada e sem grandes volumes.

A novidade na segunda-feira é a possibilidade de chuva no extremo sul de Mato Grosso do Sul sob efeito de uma área de baixa pressão atmosférica no Paraguai. Uma chuva rápida, pontual e ainda sem grande intensidade.

Nordeste

A chuva promete se espalhar por toda a região, mas vale ressaltar que no centro e oeste da Bahia, ainda serão pancadas isoladas e sem grandes volumes. O mesmo deve acontecer no sul do Maranhão, no sul do Piauí, oeste de Pernambuco.

Tem chuva volumosa em áreas entre a metade norte do Maranhão e o Rio Grande do Norte sob efeito da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). Os volumes podem ser expressivos e não se descarta o risco de algum transtorno.

Norte

A chuva se espalha, inclusive pela maior parte de Rondônia e do Tocantins, mesmo que ainda sem grande intensidade.

Já no Amapá e no nordeste do Pará, são esperados volumes expressivos, não se descartando a possibilidade de transtornos devido à chuva forte e volumosa.

Terça-feira, 5

Sul

A frente fria avança em direção ao Paraná e a chuva continua em todo a região. O tempo fica fechado em todo o estado, além de em Santa Catarina e no norte do Rio Grande do Sul, com chuva a qualquer hora do dia e os maiores volumes de água devem ser registrados nessas regiões.

Com o tempo mais fechado, as temperaturas não sobem muito à tarde a sensação de frio predomina, principalmente no Rio Grande do Sul.

Sudeste

Uma nova frente fria se aproxima do estado de São Paulo e chove na metade sul e litoral paulista, incluindo a região metropolitana. A chuva deve chegar entre o final da tarde e à noite e pode vir acompanhadas por trovoadas em algumas cidades mais próximas ao Paraná.

Já no restante da região, tempo firme e temperaturas relativamente altas.

Centro-Oeste

A passagem de uma frente fria muda o tempo em Mato Grosso do Sul nesta terça-feira. A chuva não é tão expressiva em relação ao volumes, mas algumas cidades do sul do estado podem registrar chuva forte de maneira rápida e até mesmo trovoadas. Já em Mato Grosso chove de forma muito fraca e isolada na metade oeste do estado.

Em Goiás e no Distrito Federal, o dia ainda é de tempo firme e temperaturas elevadas.

Nordeste

A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) provoca chuva forte na metade norte do Maranhão, do Piauí e do Ceará, pegando as capitais dos três estados. Há risco para transtornos localizadas em todas essas regiões. Já do Rio Grande do Norte ao litoral da Bahia, a chuva é mais fraca. No interior da região, tempo firme, seco e quente.

Norte

Na terça-feira a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) provoca chuva forte no norte do Pará e em grande parte do Amapá. Há risco para transtornos localizados nessas regiões, incluindo as capitais Belém e Macapá. Já no Amazonas a chuva perde força. No restante da região, a chuva ocorre em forma de pancadas rápidas e isoladas.

Canal Rural

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios