Clima TempoDestaqueMato Grosso

Inmet emite alerta laranja com risco de alagamento e descarga elétrica em MT

Há risco de chuva entre 30mm e 60 mm/h, risco de cortes de energia elétrica, quedas de galhos de árvores, alagamentos e descarga elétrica.

O Instituto Nacional de Meterologia (Inmet) emitiu alerta laranja de chuvas intensas em Mato Grosso nesta terça-feira (1º). De acordo com o instituto, há risco de chuva entre 30mm e 60 mm/h, risco de cortes de energia elétrica, quedas de galhos de árvores, alagamentos e descarga elétrica.

A Defesa Civil de Mato Grosso também publicou alerta de risco para 10 cidades. Desde domingo (30), moradores de Vila Bela da Santíssima Trindade, a 520 km de Cuiabá, têm sofrido as consequências da chuva forte no município.

Nove banhistas ficaram presos na Cascata dos Namorados, no Parque Serra Ricardo Franco, em Vila Bela da Santíssima Trindade, por conta de uma cabeça d’água.

A chuva também alagou a MT-199, que dá acesso ao parque, e precisou ser interditada. Nessa segunda (31), o prefeito do município analisava decretar situação de calamidade.

Segundo o superintendente de Proteção e Defesa Civil estadual, tenente-coronel Luís Cláudio Cruz, as equipes estão em contato com os agentes municipais monitorando possíveis locais de maior risco de desastres.

Na manhã desta segunda (31), Cuiabá registrou temperatura de 23°, com clima nublado e chuvas em vários pontos da cidade, que se estenderam ao longo da tarde. Não houve registro de mortes ou pessoas feridas.

Famílias com casas próximas a rios e córregos devem ficar atentas, redobrar os cuidados devido aos riscos de alagamentos.

Cidades em situação de emergência:

 

  • Água Boa
  • Confresa
  • Gaúcha do Norte
  • Luciara
  • Nova Bandeirantes
  • Paranatinga
  • Porto Alegre do Norte
  • Santa Terezinha
  • São Félix do Araguaia
  • Vila Rica

 

 

G1-MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios