DestaqueMato GrossoPolícia

Jovem baleada no rosto por se negar a reatar namoro continua internada e sedada sem previsão de alta em MT

MATO GROSSO
Jovem baleada no rosto por se negar a reatar

Depois de atirar contra a vítima, ex-namorado disparou contra a própria cabeça e morreu. Jovem está internada em estado grave em hospital de Barra do Garças.

Karina Souto, de 29 anos, foi baleada pelo ex-namorado em Nova Xavantina — Foto: Facebook/Reprodução

A jovem Karina Souto, de 29 anos, baleada pelo ex-namorado em Nova Xavantina, a 651 km de Cuiabá, continua internada e sedada sem previsão de alta. Ela foi atingida por tiros no final de semana depois de se recusar a reatar o relacionamento, segundo a Polícia Civil.

Karina está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Pronto Socorro Municipal Milton Pessoa Morbeck, em Barra do Garças (MT), a 516 km da capital mato-grossense.

O hospital disse, nesta quarta-feira (5), que a paciente está em estado grave, porém estável, e sem previsão de alta. Também não há previsão de algum procedimento cirúrgico. Ela foi baleada no rosto e no tórax.

Ainda de acordo com a polícia, Baltazar Augusto de Menezes, de 58 anos, atirou duas vezes na ex-namorada e, em seguida, disparou contra a própria cabeça. Ele morreu. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e suicídio.

O caso

Karina estava com um grupo de amigos nos fundos de uma casa de uma amiga, no bairro Santa Mônica, em Nova Xavantina.

Testemunhas contaram à polícia que Baltazar foi até a residência e começou uma discussão com a ex-namorada a respeito do fim do relacionamento. O homem queria que ela voltasse a namorar com ele.

Ao ter o pedido negado, Baltazar pediu a Karina devolvesse um colar que ele havia dado de presente. A jovem entregou o objeto, e então o homem foi até o carro para guardá-lo.

Ao retornar, estava com uma arma e cometeu o crime.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte:Expresso MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios