DestaqueMato GrossoPolítica

Ex-prefeito de MT é condenado a devolver R$ 50 mil por contrato ilegal com a TVCA

O ex-prefeito de Tangará da Serra, Júlio César Davoli Ladeia, foi condenado a devolver R$ 25.095,00 referentes a um contrato de patrocínio ilegal firmado com a TV Centro América para uma seletiva da Corrida de Reis em 2011, caracterizando-se como ato de improbidade administrativa. Ladeia também foi condenado a pagar multa de valor igual, totalizando mais de R$ 50 mil.

A sentença é do último dia 3 de março e foi assinada pelo juiz Francisco Ney Gaíva, da 4ª Vara Cível de Tangará, no curso de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.

Ladeia também foi condenado a perda dos direitos políticos e do direito de contratar com o poder público ou receber incentivos fiscais pelo período de 5 anos.

“Analisando tanto a peça inicial, quanto a contestação, verifica-se a simplicidade da demanda, e a clara configuração do ato de improbidade, consistente consistente realização de despesas irregular junto à empresa TERRA COMUNICAÇÃO LTDA (TV Centro Americas), consistente na celebração do contrato n.º 31632, referente a cota de patrocínio da 3.ª Corrida de Tangará da Serra – seletiva da Corrida de Reis, no valor de R$ 25.095,00 (vinte e cinco mil noventa e cinco reais), sem a realização do necessário prévio empenho”, afirmou o juiz, na sentença.

A sentença é de primeiro grau e o ex-prefeito ainda pode recorrer ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Escrito por:Isso é notícia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios