DestaqueNotíciasPolícia

JATAÍ-GO * POLÍCIA DESCOBRE CAIXÕES COM “VÍTIMAS DO COVID-19” QUE ESTAVAM COM 300 QUILOS DE MACONHA

Um motorista de 22 anos foi preso na madrugada de segunda-feira (15/06/20) em Jataí (GO), a 300 km de Goiânia, com 300 kg de maconha escondidos em caixões. O condutor disse aos policiais que estava levando pacientes mortos por covid-19. A apreensão aconteceu durante uma operação na BR-060, que liga Brasília à fronteira do Paraguai, no trecho em Jataí.

O carro funerário, com um desenho similar aos utilizados por empresas do tipo, mas sem inscrições, foi parado pela Polícia Militar. Segundo os policiais, o condutor demonstrou nervosismo ao ser abordado. Ele disse que saiu de Ponta Porã (MS) e seguia com dois corpos de vítimas da covid-19 para Goiânia. Os militares desconfiaram e pediram a documentação necessária para o transporte dos cadávares. Como não havia nenhum papel, a fiscalização dentro do veículo aconteceu. Os caixões estavam embalados em papel-filme. Ao abrir os caixões, os PMs encontraram aproximadamente 300 kg de maconha.

O motorista foi levado para a Delegacia de Polícia de Jataí, onde foi autuado por tráfico de drogas. Ele foi detido em uma unidade prisional não divulgada, e pode cumprir pena de até 15 anos de prisão. A Polícia Civil agora comanda a investigação. A reportagem apurou que o “disfarce” foi planejado para tentar evitar uma abordagem policial. A suspeita é que o homem faça parte de uma quadrilha de tráfico de drogas entre Mato Grosso do Sul e Goiás. O entorpecente teria vindo do Paraguai.

CIDADE ALERTA

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios