DestaqueMato Grosso

Policial é preso suspeito de avisar facção sobre operação contra o tráfico de drogas em MT

Segundo a PM, o policial foi preso na casa dele e foi autuado em flagrante. O soldado está preso em unidade da PM em Vila Rica, sede do 10º Comando Regional.

 

Um soldado da Polícia Militar foi preso na sexta-feira  (12/03/21) ,suspeito de avisar integrantes de uma facção criminosa sobre uma operação contra o tráfico de drogas em Confresa.

Vanderlei Moreira Xavier, de 34 anos, estava em serviço e teria repassado informações aos criminosos sobre a ação policial no município.

De acordo com a PM, um dos suspeitos de tráfico comprovou o envio de mensagem pelo policial, por meio do WhatsApp, ao celular de um dos integrantes da organização criminosa informando sobre a ação policial com identificação e abordagem dos suspeitos por tráfico de droga.

Droga apreendida na ação policial contra os traficantes em Confresa — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso

Droga apreendida na ação policial contra os traficantes em Confresa — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso

 

Segundo a PM, o policial foi preso na casa dele e foi autuado em flagrante. O soldado está preso em unidade da PM em Vila Rica, sede do 10º Comando Regional.

O celular dele está apreendido para ser periciado.

“O comando do 10º CR em Vila Rica e Corregedoria Geral, com sede em Cuiabá, têm ciência e acompanham o procedimento instaurado pelo comando da unidade em Confresa para apurar a conduta do policial”, disse a PM por meio de nota.

G1 MT

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios